20/09/2021 às 10h17min - Atualizada em 20/09/2021 às 11h20min

Consultoria oferece bolsas de 5 mil para quem pesquisa aprendizagem corporativa

Iniciativa da nōvi busca estimular a produção científica numa área ainda negligenciada no Brasil; inscrições para as bolsas devem ser feitas até 22 de setembro

DINO
https://www.novi.cc/


Consultoria que já ajudou empresas como Renner e Ambev a reinventarem suas culturas de aprendizagem, a nōvi oferece agora duas bolsas no valor de R$ 5 mil para pesquisadores interessados em contribuir para a reinvenção das práticas atuais de aprendizado corporativo. Quem quiser concorrer a uma delas tem até o dia 22 de setembro, próxima quarta, para inscrever um pré-projeto no edital do PAN (pesquisa aberta nōvi), programa criado pelo grupo para fomentar a inovação na área de desenvolvimento humano.

A iniciativa, diz Conrado Schlochauer, cofundador da nōvi, busca tirar o setor brasileiro de aprendizagem organizacional de uma encruzilhada: “A gente percebeu que, de um lado, as empresas precisam muito de novos modelos para a área de Treinamento & Desenvolvimento e, de outro, atualmente está muito difícil ter recursos para pesquisa e inovação”. Os centros de pesquisa nacionais ainda têm contribuído muito pouco para a criação de modelos que estimulam jornadas de aprendizagem autodirigida, demanda cada vez maior de empresas e organizações.

Para se ter uma ideia: segundo levantamento da nōvi, o Brasil responde por menos de 1% das publicações relacionadas ao tema da aprendizagem organizacional no Google Scholar, termômetro da produção científica global. Esse percentual sobe timidamente — vai para 2% — na plataforma Web of Science, que reúne mais de 220 mil fontes, entre livros acadêmicos, periódicos e anais de conferências. Para a consultoria, fortalecer os pontos de contato entre o mercado e a academia é um caminho para aumentar a relevância brasileira na área.

Em março deste ano, em parceria com a plataforma de upskilling Degreed e com a agência de live learning Nuts, a nōvi realizou o From Control to Culture, primeiro festival internacional dedicado ao debate sobre cultura de aprendizagem no Brasil. Foi justamente a partir desse evento que a iniciativa do PAN saiu do papel — as bolsas que estão sendo oferecidas pelo programa foram financiadas de forma majoritária pelos participantes, que podiam escolher entre fazer ou não uma contribuição.

O PAN tem como objetivo dar mais consistência, por meio da produção científica, às estratégias de implementação de culturas de aprendizagem nas organizações. A ideia é viabilizar a elaboração de relatórios e publicações sobre aprendizado organizacional, além de fomentar grupos de pesquisa facilitados e eventos de disseminação de conhecimento sobre o assunto, como cursos, festivais e seminários.

Cada pesquisador selecionado por meio do edital do programa poderá se debruçar sobre um de dois temas: cultura de aprendizagem, com foco em casos brasileiros, e aprendizagem autodirigida, com ênfase em curadoria. Os trabalhos serão desenvolvidos ao longo de um bimestre, sob orientação da equipe da nōvi, e terão seus resultados divulgados para uma rede de líderes e gestores de RH.

As inscrições devem ser feitas em www.pan.novi.cc.



Website: https://www.novi.cc/
Notícias Relacionadas »