25/08/2021 às 11h42min - Atualizada em 25/08/2021 às 13h20min

Primeiro trimestre marca início do Projeto Promovendo Cultura nos Hospitais

Iniciado em janeiro deste ano, o projeto Promovendo Cultura nos Hospitais já atingiu 27.567 com as suas ações até o mês de abril.

DINO
http://www.artedespertar.org.br


O projeto, que a princípio propunha levar presencialmente narração de histórias e música aos pacientes, acompanhantes e profissionais da saúde de sete hospitais da capital paulista, foi readequado para acontecer virtualmente e ampliado para outros locais.

Hoje as ações acontecem em instituições de saúde, espaços de cultura, educação e assistência social, sempre com o objetivo de promover a cultura e a arte. São 17 parcerias realizadas até o momento com espaços como Museu da Língua Portuguesa, Museu do Futebol, IBEAC - Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário, Projeto Palco, CECAPE - Centro de Capacitação dos Profissionais da Educação Dra. Zilda Arns, entre outras instituições e escolas.

Já na área da saúde, o atendimento acontece no Incor - Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP, Hospital Infantil Darcy Vargas, Casa do Caminho, ICESP - Instituto do Câncer do Estado de São Paulo e Hospital Leonor Mendes de Barros.

Outra ação do projeto é o Movimento Acolher. O Movimento consiste em disponibilizar gratuitamente vídeos e podcasts com narração de histórias e música. Os conteúdos são produzidos pelos arte-educadores e, atualmente, são compartilhados com 43 organizações como hospitais, redes e complexos de saúde, além das redes sociais. Até o momento, o Movimento Acolher já alcançou mais de 70 mil pessoas via mídias sociais. É uma maneira que foi encontrada de levar cultura e arte para a sociedade de uma forma não presencial.

No início do mês de abril, foi realizado o sarau "Há abraços", com o objetivo de acolher os profissionais da saúde, que continuam desempenhando um papel fundamental no enfrentamento da pandemia.

O sarau pode ser assistido no link: https://www.youtube.com/watch?v=5_n-o2ocdYQ

Dentre as contrapartidas sociais previstas no projeto foram realizadas duas palestras sobre a Cultura e a Arte na área da Saúde. A primeira em parceria com a Escola da Saúde do Centro Universitário FMU e a segunda para os calouros da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Além disso, foram realizadas três oficinas em parceria com o Centro Paula Souza para alunos do curso de nutrição da ETEC Júlio de Mesquita.

"Adorei o trabalho de vocês! Nunca refleti tanto a partir de uma história. Foi uma experiência incrível e uma troca de conhecimentos que levarei para a vida!", comentou a participante da oficina realizada em parceria com o Centro Paula Souza.

O projeto é realizado via Lei de Incentivo com patrocínio da ABL - antibióticos do Brasil, Aché Laboratórios Farmacêuticos, Bristol, BR Partners, Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, Drogaria São Paulo e Johnson & Johnson / Janssen Cilag Farmacêutica.

A Arte Despertar é uma organização social que desenvolve projetos e ações na área da saúde para conectar pacientes, acompanhantes e profissionais de um jeito profundo e significativo. Usam a arte e a cultura para proporcionar experiências que impulsionem descobertas, reflexões e mudanças de atitudes. A arte funciona como um instrumento de comunicação e expressão. E a cultura entra como elemento essencial no resgate de identidade e de histórias de vida. Tudo isso tendo a educação como base. As ações acontecem por meio de projetos sociais e prestação de serviços em instituições de saúde, e espaços educativos e culturais da cidade de São Paulo. Há 23 anos, quase 700 mil pessoas foram impactadas.



Website: http://www.artedespertar.org.br
Notícias Relacionadas »