23/07/2021 às 01h04min - Atualizada em 23/07/2021 às 03h20min

Kymeta demonstra interoperabilidade LEO e GEO SATCOM durante exercício de laboratório de batalha militar

O terminal Kymeta™ u8 é o primeiro e único terminal disponível hoje capaz de estabelecer COTM e COTP com constelações LEO e GEO

DINO


A Kymeta (www.kymetacorp.com), a empresa de comunicações tornando a tecnologia móvel global, anunciou hoje a interoperabilidade perfeita entre o terminal Kymeta™ u8, satélites de baixa órbita terrestre (Low Earth Orbit, LEO) da Kepler Communications, e terminais SATCOM de órbita geoestacionária (GEO) em um exercício anual de laboratório de batalha militar focado na integração de operações, inteligência e tecnologia.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20210722006096/pt/

Kymeta demonstrates LEO and GEO interoperability with the u8 at technical demonstration. (Photo: Business Wire)

Kymeta demonstrates LEO and GEO interoperability with the u8 at technical demonstration. (Photo: Business Wire)

Kymeta demonstrates LEO and GEO interoperability with the u8 at technical demonstration. (Photo: Business Wire)

O u8 é o primeiro e único terminal atualmente disponível a demonstrar a entrega automática entre um terminal GEO SATCOM e constelação LEO Kepler com alto rendimento para comunicações em movimento (communications on-the-move, COTM) e comunicações em pausa (communications on the pause, COTP). Os combatentes de hoje requerem acesso para comandar e controlar (C2) redes que fornecem tráfego de mensagens, e-mail, VoIP e VTCs, como também redes com mais alto rendimento para enviar e receber grandes volumes de dados. A demonstração provou que o acesso a redes C2 e comunicações com alto rendimento é possível com um único terminal integrado, o u8.

“Embora as forças móveis de hoje operando em ambientes remotos possam ter acessoàcomunicação por meio de um terminal tradicional de abertura muito pequena (very small aperture terminal, VSAT) ou terminais COTM legados, elas não têm acesso às constelações LEO de alto rendimento”, disse Rob Weitendorf, vice-presidente de desenvolvimento de negócios da Kymeta. “O u8 fornece a capacidade necessária e conectividade ininterrupta entre satélites LEO e GEO. Não poderíamos estar mais entusiasmados com a euforia que nossa demonstração causou na comunidade das Forças Especiais no evento.”

Três estações terrestres estacionárias com capacidades GEO e LEO localizadas em Inuvik, Canadá, Redmond, Washington, e Tuscon, Arizona, foram combinadas com um terminal móvel na demonstração em Virginia Beach, Virgínia. Cada estação teve acesso a seis satélites LEO Kepler e dois satélites GEO. A mudança do GEO para o LEO e polarização linear para circular foi automatizada e alcançada apenas via software. O experimento da Kymeta e da Kepler foi focado em fornecer comunicações ponto a ponto de alta taxa de dados, onde os dados foram transmitidos de estação terrestre para estação terrestre sem conexão com a nuvem, seguido por GEO SATCOM para operações diárias.

Os resultados excederam as expectativas e demonstraram um aumento significativo no desempenho com menor latência, ângulos de visão aprimorados e velocidades quase 10 vezes mais rápidas do que as de produtos anteriores, com maior rendimento e total de dados transmitidos. Os resultados dos testes incluíram velocidades de download de 240 Mbps e velocidades de upload de 193 Mbps alcançadas com mais de 2 GB de dados transferidos durante uma única passagem LEO. Esta capacidade é útil em regiões polares onde o acesso a comunicações de alto rendimento não está disponível e as antenas direcionadas mecanicamente sofrem em baixas temperaturas.

A demonstração valida ainda mais a habilidade da Kymeta para fornecer um caminho de upgrade LEO para seus terminais u8 e aproveitar perfeitamente a conectividade híbrida entre várias constelações de satélites e LTE terrestre. A Kymeta é a única antena de tela plana (FPA) com direção de feixe eletrônico e sem partes móveis construída para mobilidade e projetada para as necessidades de forças militares, segurança pública e clientes comerciais.

Sobre a Kymeta

A Kymeta está revelando o potencial da conectividade de banda larga via satélite, combinada com redes celulares, para satisfazeràenorme demanda por comunicação móvel e tornar a mobilidade global. A Lepton Global Solutions, empresa integrante da Kymeta, reúne as soluções de conectividade por satélite da empresa e oferece ao mercado soluções integradas exclusivas, completas, agrupadas e prontas para uso com base nas melhores tecnologias e serviços centrados no cliente personalizados que satisfazem e superam os requisitos de missão dos clientes. Conjuntamente com a antena de satélite de tela plana da empresa — a primeira de seu tipo — e os serviços Kymeta Connect™, essas soluções fornecem conectividade móvel revolucionária em redes de satélite e celular híbridas a clientes do mundo todo. Apoiado por patentes e licenças nos Estados Unidos e internacionais, o terminal da Kymeta atende às necessidades de sistemas de comunicação de alta taxa de transferência, leves, que ocupam pouco espaço e não requerem que componentes mecânicos girem em direção a um satélite. A Kymeta faz com que a conexão seja fácil, para qualquer veículo, embarcação ou plataforma fixa.

A Kymeta é uma empresa de capital fechado sediada em Redmond, Washington, Estados Unidos.

Para saber mais, acesse kymetacorp.com.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Consultas de negócios para Kymeta:

Brenda Kuhns

Diretora de marketing

Kymeta Corporation

bhuhns@kymetacorp.com

Consultas da mídia para a Kymeta:

Amanda Barry

Diretora de relações públicas e conteúdo

The Summit Group

abarry@summitslc.com


Fonte: BUSINESS WIRE
Notícias Relacionadas »