23/06/2021 às 11h58min - Atualizada em 29/06/2021 às 00h00min

Mariana Bastian conquista certificação internacional de Primal Health Coach

A catarinense é uma das primeiras brasileiras certificadas pelo instituto norte-americano dirigido pelo ex-atleta de elite Mark Sisson

SALA DA NOTÍCIA Davi Paes e Lima
Luciana Moreira
A catarinense Mariana Bastian, CEO do projeto Brasil Low Carb e da plataforma Reversa, conquistou a certificação Primal Health Coach, emitida pelo Primal Health Coach Institute, dirigido por Mark Sisson. O norte-americano, ex-atleta de elite, é autor de best-sellers como The Keto Reset Diet, livro que o posicionou entre as maiores autoridades internacionais em alimentação, saúde baseada em evidências e qualidade de vida.

Mariana é uma das primeiras brasileiras certificadas no instituto, a única em Nível 2, e o título soma à sua atuação na área de saúde sistêmica, com um olhar abrangente e integrativo. "Os ‘health coaches’ ainda não são tão comuns no Brasil, e sua atuação nem sempre é bem compreendida. O coach não substitui a atuação de um médico ou nutricionista; pelo contrário, atuamos de forma multidisciplinar, propondo caminhos, indicando profissionais e, principalmente, auxiliando o paciente a cumprir as suas metas", explica Mariana, que também é certificada como especialista em LowCarb High Fat / Keto pela Noakes Foundation, com ênfase em acompanhamento e adesão de uma alimentação e estilo de vida saudáveis.



Publicação recente do The New York Times destacou a importância do coaching de saúde na atenção primária aos pacientes. "Você provavelmente se beneficiaria com a ajuda de um ‘treinador de saúde’, cujo trabalho é dar aos pacientes, além do conhecimento, as habilidades, ferramentas e confiança de que precisam para cuidar da sua saúde e bem-estar", disse o jornal norte-americano.

Já qualificada para atender internacionalmente, em outubro Mariana realiza um exame do Conselho Americano de Coaching de Saúde e Bem-estar, o que a credencia a atuar em parceria com órgãos de saúde internacionais. Mariana também foi admitida como membro do comitê internacional da The Society of Metabolic Health Practitioners e, no Brasil, é acadêmica de Nutrição e entusiasta da Agricultura Regenerativa.
 
Notícias Relacionadas »