22/06/2021 às 11h55min - Atualizada em 23/06/2021 às 00h00min

Como gerar leads através do seu blog?

Como aumentar o engajamento usando o blog?

SALA DA NOTÍCIA Victor Augusto de Alencar
Freepik

Nos últimos anos os blogs se tornaram cada vez mais famosos no mundo todo, não apenas como uma ferramenta de hobby, mas profissionalmente falando. Nem todo mundo sabe, mas é possível gerar leads e muitas oportunidades comerciais com eles.

De fato, foi-se o tempo em que esse recurso era voltado apenas ao mundo da política, do jornalismo e da crítica cultural, ou mesmo exclusivo de profissionais da área de beleza, fitness e dietas. Hoje qualquer profissional pode e até precisa de um blog.

Imagine uma empresa de fornecimento de mão de obra temporária, certamente ter um site institucional, como se fosse um cartão de visita, é apenas o primeiro passo. As que dão um passo além conseguem muito mais engajamento.

Esta é a palavra do momento: engajamento. É isso o que uma marca precisa conseguir, sendo que não é possível fazê-lo com um website no qual só constam as informações essenciais da firma, como contato, endereço e portfólio de produtos.

Dar um passo além significa gerar conteúdo original e de qualidade com frequência, de tal modo que o público-alvo perceba que quem escreve aqueles materiais é uma autoridade no assunto. Assim é que a marca agrega valor às pessoas e gera uma relação melhor.

Também é aí que surgem os blogs e a geração de leads. Por exemplo, o blog de uma empresa de contabilidade para micro empresas tem um universo de temas sobre os quais pode tratar mais a fundo, despertando o interesse dos visitantes.

Como as novas gerações já cresceram com celular e tablet nas mãos, elas são muito mais exigentes em termos de informação, por isso é que acabam valorizando o marketing de conteúdo, em vez de meras propagandas comerciais.

Por isso decidimos escrever este artigo, trazendo aqui alguns conceitos básicos sem os quais seria impossível compreender melhor o que são os blogs e como podem gerar leads, além de conselhos práticos sobre como exatamente fazer isso.

O mais bacana é que hoje essa estratégia evoluiu tanto que realmente já é possível aplicá-la a qualquer nicho de mercado, seja para falar de serviços como escola de aviação SP ZL, seja para vendas como um restaurante ou uma loja de roupas.

Então, se você quer entender como exatamente gerar leads através do seu blog e transformar suas páginas de conteúdos em uma máquina de oportunidades, basta seguir adiante na leitura.

Entenda melhor os leads

Um erro muito comum é os empresários e gestores de marketing ouvirem dizer que precisam de mais leads, e então saírem lendo sobre como consegui-los, sem entender melhor do que se trata e onde essa estratégia se insere.

Os leads nada mais são do que contatos comerciais, porém eles só fazem sentido se estiverem inseridos em uma estratégia mais ampla, que é a do funil de vendas.

No caso de uma auditoria blindagem segurança, pode ser que a marca precise educar seu público sobre como exatamente esse serviço funciona. Então, o funil determina as etapas da jornada de compra, mais ou menos assim:

  • Geração de conteúdo;
  • Captação de leads;
  • Primeiros contatos;
  • Disparo de conteúdos;
  • Classificação dos leads;
  • Resolução de problemas;
  • Prospecção de clientes;
  • Fechamento e fidelização.

Enfim, é preciso ter uma visão muito clara de todas as etapas que o lead vai percorrer desde o começo do funil, passando pelo meio até o fim.

Só assim é possível atingir resultados reais, de modo que o banco de leads não se transforme em oportunidades paradas ou mal aproveitadas.

Diversificando os conteúdos

Um dos pontos mais bacanas dos blogs é que com eles é possível diversificar de maneira incrível a criação de conteúdos, indo muito além de textos ou artigos.

Embora os materiais escritos continuem sendo o foco de qualquer blog, se você quiser captar ainda mais leads pode criar áudios, vídeos, e-books, infográficos e muito mais.

Assim, o visitante lê o seu conteúdo diretamente, apenas acessando as páginas, porém, para se aprofundar ele precisa preencher um formulário, então você já consegue os dados de contato, captando mais esse lead.

Ao falar de cápsulas de café espresso, por exemplo, é possível criar multimídias cada vez mais bem produzidas e mais interessantes, estabelecendo um diferencial em relação à concorrência que está perdendo tempo apenas com artigos de texto.

Além disso, gerar multimídia como áudio e vídeo permite que seu público consuma o material de modo mais atraente e dinâmico.

Inclusive, é possível ouvir enquanto se faz outra coisa, como limpar a casa, dirigir e fazer exercícios, o que também tem sinergia com as novas gerações.

Seja como for, todos esses links internos são uma bela estratégia para você convidar o visitante a se aprofundar no conteúdo, mais ou menos como “iscas” que têm dupla função: gerar o lead e já ir educando/avançando no funil.

Por dentro das newsletters

Agora, se o assunto é ir além do espaço do próprio blog, as newsletters são um passo importante que sua marca pode dar na criação de conteúdo.

Claro que é dentro do blog que você vai deixar o formulário de preenchimento para disparo de newsletters e novidades sobre sua empresa, porém o conteúdo vai além desse espaço, já que ele lida com e-mail marketing.

Aqui o cliente já está no meio do funil, então uma dica de ouro é investir em conteúdos mais densos. Se é sobre consultoria projeto ambiental, você já pode enviar infográficos, slides e apresentações mais aprofundadas, nutrindo bem aquele contato.

Lembre-se que isso também vai permitir captar mais leads e oportunidades, afinal, os que já estão recebendo seu e-mail marketing podem indicar mais gente a qualquer momento. Isso só depende, realmente, da qualidade do conteúdo gerado.

Dominando os pop-ups

Falando em newsletters, se há um modo de potencializá-las são os pop-ups, um mecanismo de intervenção que tende a despertar o visitante da página.

O mais bacana é justamente isso, pois eles podem ser utilizados de vários modos, seja como formulário para reforçar o papel da assinatura de newsletters, seja como alerta para qualquer outra função.

Por exemplo, em uma página de ERP para pequenas empresas, é possível que você use os pop-ups para diminuir seu bounce rate (taxa de rejeição), que são as pessoas que entram na página e saem muito rápido.

Com esse recurso, em vez de ela simplesmente sair, aparece essa caixa de pop-up no meio da tela, chamando atenção e ganhando uma última chance de conseguir a atenção e adesão daquela pessoa, que é quando você gerar mais um lead.

Alguns dizem que o pop-up soa um pouco invasivo. Na verdade, qualquer estratégia mal alinhada pode acabar se tornando invasiva, basta usar o bom senso para evitar isso. Além do que, se for para ele ser sua última chance, vale a pena.

Entenda o poder dos chatbots

Quem navega bastante por sites e blogs já teve a oportunidade de entrar em uma página e ver que, às vezes, sobe no canto uma caixa de atendimento automática, mais ou menos como um bate-papo (ou, como diz o nome, um “chat”).

Trata-se dos chatbots, que nada mais são do que robôs de atendimento, configurados justamente para tirar algumas dúvidas básicas sobre preços, prazos, formas de pagamentos e afins, coisa que eles fazem muito bem.

Se uma pessoa chegou ao site pesquisando por algo como kit academia ao ar livre preço, é justamente aí que o chatbot pode dar um atendimento bastante assertivo.

Além de economizar em custos de mão de obra, a vantagem é que eles operam 24 h por dia, durante sete dias da semana.

Ou seja, se alguém quiser tirar uma dúvida no meio do domingo ou mesmo de madrugada, essa pessoa terá um suporte. Por isso mesmo o poder que os chatbots têm de gerar leads é enorme.

Assim, recorrendo a eles, você simplesmente chega na empresa no dia seguinte e encontra a lista pronta das pessoas que fizeram contato, bateram um papo com os robôs de atendimento e se tornaram mais um lead para você.

Bônus: as redes sociais

É muito comum ouvir falar em geração de leads através do blog, e ficar pensando que isso se limita ao blog enquanto domínio próprio do website.

Na verdade, trata-se de um erro, pois hoje é preciso fazer algo como o marketing 360 graus, que investe em todas as frentes ao mesmo tempo.

Assim, uma dica de ouro é subir os links de todos os seus artigos e materiais gerados também nas suas redes sociais. Deste modo, o próprio blog será divulgado em outros veículos, e vai atrair muito mais gente, gerando mais leads e oportunidades.

Conclusão

Como vimos, gerar leads é algo que vai muito além de simplesmente ficar pedindo os dados e contato dos clientes, sem método e sem estratégia.

Trata-se de algo como uma ciência, que quanto melhor for feita, mais vai acelerar o seu funil de vendas e trazer resultados reais, como aumento nas vendas e faturamento.

Com as dicas e explicações que demos acima, fica ainda mais fácil fazer isso, transformando seu blog em uma máquina de oportunidades.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Notícias Relacionadas »