07/05/2021 às 10h37min - Atualizada em 07/05/2021 às 12h20min

Pandemia acelera a necessidade do seguro de saúde internacional

Com a Covid-19 muitos particulares e empresas descobriram as limitações de ter unicamente um “plano de saúde” brasileiro e estão optando pelos internacionais.

DINO
https://www.linkedin.com/in/jeancrose/


A pandemia de Covid-19 pegou todos os setores de surpresa, principalmente o da saúde. De acordo com o Boletim Covid-19 da ANS, mais de 1 milhão de brasileiros aderiram a planos de saúde, atingindo 48 milhões de pessoas no total.

Muitos particulares e empresas descobriram as limitações de ter unicamente um plano de saúde nacional. De acordo com o Itamaraty, cerca de 30 mil brasileiros precisaram de auxílio para voltar ao país desde o início da pandemia. Ao não incluir serviços fora do país, pessoas em caso de emergência são atendidas pela maioria dos serviços médicos dos países onde estão, mas terão que pagar a conta em algum momento.

Turistas costumam contratar seguros viagem internacional, que cobrem despesas com remédios, assistência média e extravio de bagagens. Com a pandemia, a cobertura dos planos foi afetada, prejudicando brasileiros em diversas partes do mundo.

SEGURO MÉDICO INTERNACIONAL

Por este motivo tem se visto uma forte demanda pelos seguros médicos com cobertura internacional. O diretor da Blu Solutions e agente de seguro médico internacional, Jean, explica os motivos para considerar um seguro médico internacional no Brasil: "Com o seguro médico internacional, você está protegido onde quer que esteja, acessando os melhores hospitais do Brasil e do mundo. Por ser internacional, cobre geralmente todos os tratamentos aprovados pelo organismo de saúde americano FDA, mesmo se não existir no Brasil. O serviço inclui transporte em ambulância aérea para o hospital mais próximo em caso de urgência".

Ter um seguro médico com cobertura mundial passará a ser parte no novo normal.

 



Website: https://www.linkedin.com/in/jeancrose/
Notícias Relacionadas »