07/05/2021 às 10h49min - Atualizada em 07/05/2021 às 12h20min

Dicas para potencializar as vendas no mercado pet

O mercado pet cresce ano a ano no Brasil. Além da diversificação da oferta de serviços para este segmento, como convênio médico para animais, ofertas de hospedagem independentes e outros serviços a domicílio, como tosa ou atendimento veterinário, cresce também o número de empresas que atuam no setor.

DINO
https://www.hillspet.com.br/


O gerente geral da Hill's Pet Nutrition, Rodrigo Ciaravolo, comenta que existe hoje uma pulverização no mercado pet, com a entrada de pequenos pet shops e lojas focadas em equipamentos e serviços para animais de estimação. "No entanto, a pandemia evidenciou que nem todos os estabelecimentos estão estruturados para atender o cliente nos dias de hoje: cada vez mais focados na experiência do e-commerce", completa.

As empresas do setor pet precisam acelerar o processo de digitalização, especialmente as menores. Existe a necessidade de repensar processos internos, como o controle de estoque manual, até o modelo de vendas, por meio de apenas lojas físicas.

Além disso, muitos tutores passaram a ficar mais tempo em casa por conta da pandemia e, por estarem mais próximos dos pets, há uma crescente preocupação com relação aos cuidados. Rodrigo Ciaravolo reforça que as empresas devem avaliar estratégias de comunicação digital, redes sociais, e-mail marketing e outras ações. "E isso sempre com foco em conteúdo de valor. Muitas empresas investem em conteúdo hoje em dia e, por isso, os consumidores são bombardeados de todos os lados por informação".

Ter uma estratégia e-commerce é premissa básica também. Até porque já há outros modelos além desse crescendo de maneira exponencial. Como é o caso do digital commerce, muitas empresas já apostam em vendas por meio de WhatsApp ou por meio de redes sociais. Quanto mais pontos de contato o consumidor tiver com a marca, mais chances de que ele a consuma.

A digitalização viabiliza o alcance e, se antes um comércio local tinha acesso apenas às pessoas da região, com o e-commerce e o digital commerce é possível alcançar consumidores em todos os lugares do Brasil. É preciso estudar a questão da logística de entrega e avaliar estratégias nacionais. Marketplaces são excelentes locais para iniciar.

A marca precisa ser exposta nos mais diferentes momentos da jornada digital completa (e não somente no momento da compra). E não para falar apenas de produtos, mas de temas relevantes para o segmento de atuação. É importante abordar questões relevantes e falar sobre tendências. A empresa deve ser uma fonte de informação boa e confiável para o setor.

Finalmente, as empresas precisam evidenciar o propósito da marca. Organizações que agem de forma genuína, apoiando e ajudando causas, têm maior chance de atrair a atenção dos consumidores. As organizações precisam ser verdadeiras nas ações e a visibilidade virá de forma natural.



Website: https://www.hillspet.com.br/
Notícias Relacionadas »