23/04/2021 às 16h18min - Atualizada em 28/04/2021 às 04h20min

Clipe musical é lançado em homenagem ao aniversário de Brasília

Com direção musical de Paulo Dafilin e artística de Júlio Cesarini, a captação das imagens aconteceu nos dias 3 e 4 de abril, na Cidade Estrutural e nos cartões postais de Brasília.

DINO
https://www.brasilmeuamor.org.br/


Fundação Brasil Meu Amor, em parceria sociocultural com o Instituto Reciclando Sons, gravou clipe da música "Sal da Terra", de Beto Guedes, em celebração ao aniversário de Brasília. O vídeo clipe mistura imagens do passado da construção de Brasília com o presente da capital e leva para um futuro diferente.

A Fundação é resultado de uma pesquisa intensa e profunda, de mais de 40 anos, sobre o Brasil e tem um trabalho de excelência na promoção da Cultura brasileira e de Brasília. A capital do Brasil representa um marco da Era JK, onde o mundo pode reconhecer e apreciar a genialidade brasileira na arquitetura, nos esportes, nas artes, no desenvolvimento.

A cofundadora e artista da FBMA, Glaucia Nasser, que é a intérprete da música, explica que o vídeo clip faz parte do projeto “Isso sim é o Brasil” da FBMA. Ela diz que “estamos perdendo a essência do que é ser brasileiro e da nossa brasilidade. Temos motivos de sobra para nos orgulharmos e nos encantarmos com o nosso país. É essencial que nos inspiremos nesse momento único do Brasil para termos a certeza de que o que parece impossível, se torna realidade.”

“A Fundação trabalha para que juntos possamos recriar a realidade, fazer um novo começo, cuidar do Brasil e dos brasileiros. Esse vídeo clip, em parceria com o instituto Reciclando Sons, celebra o aniversário de Brasília e expressa um Brasil mais solidário, na certeza de que o patrimônio cultural é um elo essencial que nos une como um só povo, uma só raiz, uma só nação”, comenta Felipe Holzhacker Alves, diretor-geral da FBMA.

Com direção musical de Paulo Dafilin e artística de Júlio Cesarini, a captação das imagens para o clipe aconteceu nos dias 3 e 4 de abril, na Cidade Estrutural e nos cartões postais de Brasília. O clipe foi gravado respeitando os protocolos de saúde como o uso de máscaras, uso de álcool gel e distanciamento.

Este projeto também comemora os 20 anos do Instituto Reciclando Sons, que realiza um trabalho filantrópico na área de risco social na perimetral da capital do Brasil transformando vidas de jovens e crianças carentes através da música

Segundo Rejane Pacheco, fundadora do Instituto Reciclando Sons, “a Cidade Estrutural onde o Reciclando Sons iniciou o seu trabalho há 20 anos, nasceu com a Fundação de Brasília, na época o lixão que abrigou milhares de famílias que vieram para a capital em busca de oportunidades. O desenvolvimento da comunidade onde atuamos que chegou à estrutura de Cidade é o desenvolvimento de Brasília, e representa a luta incessante de um povo que tirou do lixo a dignidade do trabalho e do sustento.” 

Ela finaliza: “Por isso, nada mais bonito celebrar essas conquistas com ARTE E SOLIDARIEDADE, ter a Fundação Brasil Meu Amor como parceira nessa produção, demonstra que somos um povo criativo e solidário. Por isso, desejo que todos brasileiros e brasileiras sintam-se homenageados e homenageadas com a música que estamos produzindo conjuntamente, pois essa, não é só para o aniversário de Brasília, mas sim para toda a nossa nação brasileira.”

 



Website: https://www.brasilmeuamor.org.br/
Notícias Relacionadas »