14/04/2021 às 13h04min - Atualizada em 27/04/2021 às 20h20min

Lâmpada inteligente representa inovação em iluminação

Consumidores exigentes buscam produtos inovadores que facilitam o dia a dia, mas com preço acessível.

DINO
http://www.ourolux.com.br


Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que 34% das empresas brasileiras fizeram algum tipo de inovação em produtos ou processos nos últimos três anos. As informações constam da Pesquisa de Inovação (Pintec), com dados sobre o esforço de empresas dos setores da indústria e serviços.

Segundo o IBGE, uma empresa é considerada inovadora quando introduz no mercado um produto ou implementa um processo novo ou substancialmente aprimorado. Inovar significa aperfeiçoar algo que já existe para atualizar as demandas do consumidor.

Cercados por informações de todos os lados, os consumidores estão acompanhando todas essas mudanças e entrando no ritmo delas, as empresas devem aproveitar as oportunidades e desenvolver inovações para melhor atender aos clientes.

O setor de iluminação foi um dos desafiados a inovar. O surgimento da lâmpada inteligente é um exemplo. Até pouco tempo atrás, o produto cumpria sua função apenas iluminando os ambientes. O que variava era apenas a potência ou a temperatura de cor (branca ou amarela).

Mas o consumidor passou a exigir mais recursos e surgiram as lâmpadas inteligentes, que possibilitam a criação de um ambiente com luminosidade personalizada, que sempre foi aliada a equipamentos auxiliares e alto custo.

A nova geração de lâmpadas inteligentes tornou o preço do produto mais acessível, como é o caso das lâmpadas inteligentes CONTROLED, da Ourolux. "A CONTROLED tem esse nome porque o próprio consumidor pode controlar e personalizar a luminosidade do ambiente, sem a necessidade da ajuda de um profissional. O produto já vem pronto para uso", explica Renata Pilão, gerente de marketing da Ourolux.



Website: http://www.ourolux.com.br
Notícias Relacionadas »