27/04/2021 às 11h55min - Atualizada em 27/04/2021 às 12h20min

De olho no Brasil: aplicativo de vídeos curtos lança campanha exaltando a irreverência dos brasileiros

Intitulada “KKKKwai - Baixe o lado divertido da vida”, ação convida o público a compartilhar situações divertidas do cotidiano

DINO
https://www.kwai.com/
Campanha "KKKKwai, Baixe o Lado Divertido da Vida"


O Kwai, aplicativo de criação e compartilhamento de vídeos curtos, lança sua primeira campanha institucional no Brasil. Presente no país desde 2018, a empresa trabalha para conquistar de vez o mercado local. O app, que é hoje um dos mais baixados no país, apresenta seu posicionamento de marca, "KKKKwai - Baixe o lado divertido da vida", incentivando usuários a compartilharem momentos simples e cotidianos que levem alegria para as pessoas que assistam.

Com uma interface simples e de fácil usabilidade, a plataforma tem como propósito abrigar uma comunidade democrática, que produz conteúdos bem-humorados, legítimos e sem grandes produções.

A possibilidade de produzir vídeos curtos de forma intuitiva faz com que a rede seja palco de cenas divertidas do cotidiano de seus usuários, sem a pressão de manter uma estética perfeita ou produções cheias de efeitos, como é comum na internet. Essa característica também foi explorada na narrativa da campanha, reforçando a pluralidade do Kwai e dos brasileiros e refletindo como o app atinge públicos de todos os tipos e idades.

A comunicação é composta por dois filmes que dão protagonismo a dois dos principais criadores da plataforma. A primeira peça traz o paraibano JP Venancios, de 21 anos, que se tornou um hit com a produção de sketches divertidos em parceria com a sua avó, Francisca, de 70 anos. Com 2,4 milhões de seguidores, ele comemora o sucesso e elogia o caráter democrático da plataforma: "Eu já produzia conteúdo em outros apps, mas foi o Kwai que me deu a oportunidade de me tornar quem eu sou hoje e ser reconhecido na internet", declara. "Fiquei muito surpreso e feliz por esse espaço. O Kwai, hoje, é a plataforma com a qual eu mais me identifico e me sinto à vontade para compartilhar meu conteúdo", completa.

Quem também se junta ao JP na campanha é a Tailane Garcia, de 23 anos. Natural de Campos dos Goytacazes (RJ), ela possui mais de 1,4 milhão de seguidores no Kwai. "Estou muito empolgada com a campanha. O Kwai me possibilitou fazer o que mais amo: gravar vídeos", comemora.

"O mercado brasileiro já provou seu potencial - temos milhões de usuários em todo o país e espaço para crescer ainda mais", explica Mariana Sensini, diretora do Kwai no Brasil. "Queremos mergulhar na cultura do país, fazer parte do dia a dia dos brasileiros e oferecer uma plataforma capaz de acolher pessoas comuns, criadores de conteúdos, marcas e instituições", completa.

A campanha
Com a assinatura "KKKKwai, baixe o lado divertido da vida", em alusão à tradicional risada usada pelos brasileiros na internet, a campanha foi criada pela Ogilvy Brasil e destaca o principal atributo do app: a diversão. As situações divertidas da vida real, tão características da rede social, também ilustram as peças do projeto de comunicação.

A campanha convida o público a mergulhar no universo oferecido pelo Kwai, seguindo a estética descontraída que é nativa da plataforma. As peças reproduzem cenas do cotidiano das pessoas, mostrando como é fácil produzir conteúdo, seja no jardim, garagem ou qualquer outro ambiente. A diversão também é garantida e ganha novos contornos com os recursos e filtros disponíveis no aplicativo.

"Com a missão de criar uma comunicação que reforce os atributos do Kwai e que tenha a cara do Brasil, seguimos um caminho criativo pautado no que o app e o país têm em comum: o improviso e a diversão", comenta Daniel Schiavon, diretor executivo de criação da Ogilvy Brasil. "A gente partiu do conceito de sevirologia, essa característica tão própria do brasileiro de se virar sozinho, com hacks da vida real, e que também é uma característica do Kwai", explica o criativo.

Inspirada na descontração e alegria do funk, a trilha sonora é assinada pelo produtor musical baiano Bruno Zambelli (Zamba). A música traz a onomatopeia "KKKK", que reforça o conceito criativo e a pronúncia correta do nome do app. Usando a #MeuLadoKwai, os usuários também poderão compartilhar seu lado divertido da vida, usando a trilha e um filtro especial como recurso criativo em seus conteúdos.

Além da trilha, Zamba assina também a codireção dos filmes pela produtora Surreal. Ele que é um dos responsáveis por trazer para o Brasil o Afropunk, um dos mais importantes festivais de cultura negra do mundo, conduziu a narrativa com um olhar cuidadoso para a diversidade, outra característica típica do Brasil. "A ideia foi captar o que o Kwai se propõe: pequenos momentos de alegria que estão presentes no dia a dia das pessoas, que atravessam suas rotinas em algum momento e que merecem ser registrados", comenta Zamba. "Nesse sentido se deu a escolha de desenvolver a narrativa em contextos simples do cotidiano, num clima mais regional, gerando uma sensação de proximidade e identificação com quem assiste. A trilha sonora é o fio condutor do filme, dando o tom divertido e dançante que se quer passar", conclui o produtor.

De acordo com Schiavon, essa lente plural que celebra a regionalidade foi fundamental para construir uma comunicação que converse com a audiência brasileira que, assim como Kwai, tem o bom-humor e o improviso em seu DNA.

Ao lado de Zamba, a campanha conta com a direção do renomado Carlão Busato, fundador da Surreal. "Procuramos cenas e situações que abordassem a temática do humor, sem necessariamente serem uma piada em si, mas que tivessem abraçando esse universo alto astral, da graça, do sorriso. Tínhamos um desafio muito grande de, em 30 segundos, transmitir esse ambiente divertido que o aplicativo oferece ao usuário. O resultado ficou incrível e acredito que fomos bem sucedidos no nosso desafio", avalia o diretor.

Construção e expansão da marca no Brasil
A primeira campanha do Kwai no Brasil terá veiculação em TV aberta e fechada. Além dos filmes de 30'' para TV e digital, haverá também filmetes de 6'', empenas no Rio de Janeiro, e peças de sustentação no digital e social.

Adaptada ao momento atual, a produção da campanha foi feita de forma remota, seguindo todos os protocolos sanitários, além de contar com um cuidadoso trabalho de edição para atingir o resultado final.



Website: https://www.kwai.com/
Notícias Relacionadas »