15/04/2021 às 12h34min - Atualizada em 15/04/2021 às 13h20min

Revendas Confenar falam sobre se reinventar em meio à pandemia e mostram caminhos para fazer adaptações com sucesso

Setor de bebidas encarou as mudanças de comportamento e consumo e digitalizou ainda mais suas operações pelo Brasil

DINO
http://www.confenar.com.br/


A pandemia trouxe diversos desafios econômicos para diferentes setores, mas a forma como as pessoas consomem, o futuro do trabalho e dos relacionamentos também passa por transformações. Para a Confenar - Confederação Nacional das Revendas Ambev e das Empresas de Logística da Distribuição, o foco em permanecer próximo, mesmo à distância, usando a tecnologia que trouxe muitas evoluções e novos serviços nesse período mostrou ser uma chave importante para enfrentar a crise causada pela pandemia no setor de bebidas.

A tecnologia já estava presente no dia a dia dos executivos da Confederação, que atuavam em home office mesmo antes do início do isolamento social. "Desde março do ano passado, além de acolhermos os profissionais das revendas que começaram a trabalhar em suas casas, nos dedicamos no acompanhamento das iniciativas das alterações fiscais e tributárias para minimizar os impactos financeiros nesse período e em melhores práticas que esse cenário exigiu. Nosso papel fundamental foi de ajudar e repassar as mudanças que eram constantes para quem estava na ponta e principalmente na busca de oportunidades para reduzir custos", afirma Valdir Fagundes de Moura, Analista de Negócios Sênior da Confenar.

Além de atuar no intermédio de informações imprescindíveis sobre o setor para que as notícias cheguem para todos e sejam interpretadas de maneira simples e objetiva, há um movimento de manter a equipe engajada. A Confenar tem representantes responsáveis por regiões de Norte a Sul do Brasil que vivem a cultura de engajamento e do sonho grande por dias melhores, seguindo as iniciativas praticadas pela Ambev.

"Mesmo com o distanciamento social, nossas equipes estão reunidas on-line para discutirmos estratégias, informações e como é possível fazer a nossa parte para cuidar de cada um dos nossos colaboradores e parceiros de negócios. Nós passamos a trabalhar ainda mais durante a pandemia e foi necessário um esforço para organizar o fluxo e as demandas de trabalho e hoje nós colhemos os frutos dessa organização no setor de bebidas", afirma Alex Marques, Analista de Negócios Sênior da Confenar.

O aumento no fluxo de trabalho também teve de se mesclar com o dia a dia das famílias. Por outro lado, foi possível estar junto nesse momento difícil e equilibrar a maternidade e paternidade com o lado profissional, já que os ambientes eram os mesmos. A Confederação também trabalhou temas como resiliência e empatia para integrar funcionários e parceiros com idades mais avançadas, que em alguns casos tinham menos contato com a tecnologia. Hoje, é possível ver a equipe brasileira como um único time.

"Se pararmos para pensar neste último ano que vivemos, entre as lições aprendidas em relação ao cuidado com a saúde, com os mais vulneráveis, um termo que segue com bastante força até hoje e provavelmente, continuará no pós-pandemia é que precisamos nos reinventar. Mudamos a forma como consumimos, como trabalhamos e como vivemos. Se conseguirmos nos reinventar como seres humanos, qualquer setor da economia pode ser adaptado", finaliza a Diretora de Comunicação e Marketing da Confenar, Adriana Neves.



Website: http://www.confenar.com.br/
Notícias Relacionadas »