12/04/2021 às 14h15min - Atualizada em 12/04/2021 às 15h21min

Self Storage: uma alternativa para viabilizar operação logística de e commerces

A crise gerada pela epidemia do coronavírus causou impacto nos mais diversos segmentos.

DINO
http://guardeperto.com.br


A crise gerada pela epidemia do coronavírus causou impacto nos mais diversos segmentos. Com o fechamento das lojas físicas e a imposição do distanciamento social, houve um crescimento de 47% no setor de e-commerce brasileiro.

Segundo o relatório do Webshoppers, a alta foi de 39% no número de pedidos, um total de 90,8 milhões, em relação ao primeiro semestre de 2019. Contudo, as empresas do setor de vendas online se deparam com um novo desafio: o alto custo de logística no Brasil.

Muitas empresas tiveram que expandir sua atuação e investir no aluguel de grandes espaços para estocar um volume maior de mercadoria e criar novos centros de distribuição. O estudo realizado pela Fundação Dom Cabral mostra que as empresas gastam em média cerca de 12% da sua receita com custos logísticos relacionados à armazenagem e transporte.

Neste cenário, empresários procuram alternativas que ofereçam um melhor custo-benefício para tornar sua operação logística mais viável e eficiente. Assim, a locação de boxes “self storage” tornou-se uma solução eficaz para a expansão de lojas virtuais.

De acordo com o estudo “E-commerce na Pandemia”, realizado pela plataforma Nuvemshop, o estado do Rio de Janeiro apresentou um crescimento de 154% no volume de vendas on-line, se tornando o segundo maior resultado do sudeste em 2020. Com o aumento da demanda, a procura por espaços “Self Storage” para empresas também cresceu.

O CEO da Guarde Perto, Rodolfo Delgado, atribui isso ao fato de que os boxes “Self Storage” oferecem mais flexibilidade contratual do que o aluguel tradicional.

“Os espaços self storage são alugados de acordo com a sua necessidade de espaço sem que tenha que pagar outras taxas à parte como eletricidade, IPTU e higienização. Todos os custos estão inclusos e as condições contratuais permitem a locação mensal com possibilidade de acrescentar mais espaço conforme for preciso.”

Com cinco unidades na capital carioca, outro fator que influencia na locação dos boxes da empresa, segundo Rodolfo, é a localização estratégica para escoamento da mercadoria. 

“Alugar um galpão ou depósito em bairros como Barra e Botafogo pode custar milhares de reais por mês. Fora isso, existem os custos com manutenção, segurança e impostos. O self storage traz uma solução mais completa que permite o uso assim que o contrato é fechado e a autonomia para entrar e sair sempre que preciso.”, finaliza Rodolfo.



Website: http://guardeperto.com.br
Notícias Relacionadas »