06/04/2021 às 13h08min - Atualizada em 06/04/2021 às 14h20min

Um ano depois, ensino básico à distância ainda apresenta falhas

O impacto das aulas remotas na educação infantil

DINO
https://www.smartick.com/BluSol.html


Após um ano, parece impossível falar sobre qualquer coisa sem citar a pandemia e seus efeitos na sociedade. Uma das áreas que passou por grandes mudanças foi a educação. Com escolas fechadas, muitos alunos passaram para o ensino a distância, popularmente conhecido como EAD.

Videochamada, exercícios e provas digitais foram as alternativas para manter crianças e adolescentes na escola. De acordo com o Instituto DataSenado, 58% dos 56 milhões de alunos do ensino básico e superior no Brasil passaram a ter aulas remotas.

Embora o EAD seja uma solução para a situação atual, é possível ver que alunos estão com dificuldades no aprendizado. A falta de contato com outros alunos, atividades ao ar livre e o medo de transmissão do vírus afeta o comportamento e o estudo dos jovens.

Para suplementar o estudo escolar, diversos aplicativos e sites criaram conteúdos educativos. Com uma estética de jogos e desafios, o método Smartick estimula a criatividade e o conhecimento de crianças de 4 a 14 anos nas áreas de matemática, programação e lógica.



Website: https://www.smartick.com/BluSol.html
Notícias Relacionadas »