05/04/2021 às 15h27min - Atualizada em 06/04/2021 às 00h00min

Seguradoras mudam seguro de vida em tempos de pandemia

Em sua maioria, seguradoras passam a indenizar vítimas de COVID-19

DINO
http://unicred.com.br/multirregional


A pandemia já está instalada no país há mais de um ano e o Brasil vive o momento mais crítico, com mais de 300 mil mortos e uma centena de pessoas aguardando por leitos de internação. As novas variantes são uma realidade e cada vez mais pessoas jovens estão perdendo a vida.

Diante de um cenário tão desolador, é natural que as pessoas repensem a sua organização financeira e a contratação de seguros de vida vem ganhando proporções, já que só no último ano a comercialização deste produto cresceu cerca de 30%.

Até então, as pandemias estavam previstas como cláusula excludente de direito de indenização pelas seguradoras. Porém, neste novo cenário mundial devastador, em um gesto de cooperação e lealdade com seus segurados, as Cias. Seguradoras que atuam no Brasil, em sua maioria, manifestaram-se no sentido de afastar essa excludente e indenizar os beneficiários de seguro de vida cujo motivo da morte do segurado tenha decorrido da infecção por Coronavírus.

Embora a decisão tenha acalentado os segurados e os que buscam esse tipo de proteção, torna-se necessário observar alguns detalhes, como por exemplo o período de carência. A maior parte das seguradoras possui cláusula que prevê uma carência de 90 dias para as novas contratações.

Segundo Carolina Ramos, diretora superintendente da Unicred, "tão importante quanto a contratação do seguro é avisar os familiares e ter uma pessoa de confiança com as informações relevantes da contratação, preferencialmente, uma cópia da apólice ou certificado do seguro. Não há prazo imediato para o aviso de sinistro, mas algumas providências devem ser tomadas e contatar a seguradora o quanto antes agiliza o processo de pagamento da apólice", explica.

O seguro de vida é uma forma de resguardar as pessoas. Por fim, não precisam entrar em inventário, o que faz toda diferença e ajuda a resguardar os segurados.



Website: http://unicred.com.br/multirregional
Notícias Relacionadas »