29/03/2021 às 10h31min - Atualizada em 29/03/2021 às 12h20min

Flor da fortuna: como cultivar e cuidar?

Indicada para jardins de pequeno porte, a flor da fortuna exige alguns cuidados em seu cultivo.

DINO
http://www.giulianaflores.com.br


A Kalanchoe, conhecida como a flor da fortuna, é uma planta da família das suculentas com um aspecto delicado, sendo uma boa opção para a criação de jardins de proporções menores. Ela é geralmente ligada à felicidade e à prosperidade.

Com origem na África, ela tem como principais características as folhas pequenas, resistência a altas temperaturas e períodos de seca, condições comuns no continente.

É preciso conhecer algumas dicas de como cuidar da Kalanchoe:

1. O lugar ideal

Por ser uma planta acostumada a altas temperaturas, indica-se locais onde haja luz direta do sol. As melhores opções são jardins abertos, varandas e janelas.


2. Preparação do solo

O solo indicado tem que ser drenável, pois o acúmulo de água é prejudicial para a flor. Por isso, durante a preparação do solo, usa-se uma mistura de areia de rio lavada e terra, na medida de 2 para 1. É indicado o usos de pedrisco no fundo da cova para facilitar o escoamento da água.

No caso de plantio em vasos, recomenda-se os que possuem furos na base. Dessa forma, previne-se o acúmulo de água no solo. Outra dica é forrar o fundo do vaso com bolinhas de argila expandida para facilitar a drenagem.


3. Cuidados com a rega

Por ser adaptada ao clima seco do continente africano, não é necessário regar a flor da fortuna com frequência. A ideia é ficar atento ao solo seco e não deixá-lo muito encharcado.


4. Período de adubação

Para garantir uma vida saudável para a flor da fortuna, o recomendado é fazer a adubação do solo a cada 3 meses. O indicado é usar adubo orgânico à base de esterco bovino, casca de ovo, farinha e ossos.


*Por Giuliana Flores, e-commerce de flores pioneiro no comércio de flores on-line do país.



Website: http://www.giulianaflores.com.br
Notícias Relacionadas »