29/03/2021 às 11h08min - Atualizada em 29/03/2021 às 12h20min

Cresce a procura por cursos que formam agentes de atletas

Gerenciar a carreira de um atleta é uma área que cresce vertiginosamente nos últimos anos, segundo o coordenador do programa da Trevisan, Cristiano Caús. A escola já formou quase 400 agentes nos últimos 6 anos.

DINO
https://www.trevisan.edu.br/


O Brasil é um dos países que mais têm intermediários profissionais no futebol. Desde 2014, quando a Fifa desregulamentou as regras para atuação nesta carreira, descredenciou as licenças concedidas e cancelou os exames internacionais para atuação, uma grande concorrência e espaço de trabalho cresceram neste mercado. Coube, desde então, aos clubes e atletas verificar a competência dos agentes de jogadores, o que gerou mais oportunidades e profissionais interessados.

As transformações nos negócios esportivos abriram frentes para profissionais capacitados atuarem nesse mercado, tanto do futebol como em outras modalidades. A Trevisan Escola de Negócios foi pioneira na oferta de um curso de agentes de atletas e tem colaborado para a formação de influentes profissionais e escalado um time de professores de peso e que também são atuantes no mercado esportivo. A sua 14ª turma teve início na segunda semana de março.

"O curso dá instrumentos aos alunos para gerenciar, de maneira completa, a carreira de um atleta; não está focado só em transferências, mas também nas demais atividades e serviços prestados por um agente ao seu cliente. Assim, o curso tem aulas de legislação e contratos nacionais e internacionais, assessoria financeira, marketing pessoal, coaching, mídia training, estratégia de negociação, gestão de departamento de futebol, gestão de agência de jogadores e jurisprudência da CNRD sobre casos de agentes", observa Cristiano Caús, coordenador do programa de agente de atletas, sócio responsável pela área de Direito Esportivo do CCLA Advogados e professor de Direito do MBA em Gestão e Marketing Esportivo da Trevisan.

"O agente tem papel fundamental no esporte, pois conecta vários profissionais, que atuarão em benefício da carreira do atleta", detalha Caús. O curso tem recebido alunos de distintos perfis, tanto agentes intermediários que já estão no mercado e buscam reciclagem e mais conhecimentos, quanto pessoas que querem entrar no mercado de intermediação esportiva, pais de atletas que buscam conhecer normas e contratos nos diferentes estágios de carreira, advogados, executivos e dirigentes esportivos.

Fernando Trevisan, diretor da Trevisan Escola de Negócios, destaca que dados recentes do mercado de esportes estimulam o aquecimento de mercado para profissionais intermediários. "Recente relatório anual da FIFA sobre o tema mostrou que o mercado de transferência internacional de jogadores caiu 23% (ou seja, uma queda de US$ 1,7 bi) em 2020. Por outro lado, o futebol feminino segue em alta, com mais de 1 mil transações realizadas" http://www.insideworldfootball.com/2021/01/19/transfer-market-dropped-1-7bn-2020-finds-fifa-report/

Trevisan destaca ainda levantamento do CIES, órgão de estudos vinculado à FIFA, que mostrou que clubes de países latino americanos foram forçados a utilizar mais jogadores da sua própria base e mais jovens, pela dificuldade que tiveram de contratar, o que impulsiona trabalhos de assessoramento. https://football-observatory.com/IMG/sites/mr/mr62/en/ .

A 14ª turma do curso de Formação de Agentes de Atletas (https://www.trevisan.edu.br/cursos/formacao-de-agentes-de-atletas/) tem 56 horas de duração, vai de março a 29 de maio, na modalidade online ao vivo, aos sábados. Lecionam no programa: Alexandre Pássaro, Diretor Executivo de Futebol do Vasco da Gama; Marcelo Giulio, Sócio da Luck Sports; Rafael Fachada, Coordenador da CNRD na CBF; Roberto Barracco, CIO da IBN|Sports & Entertainment; Pedro Daniel, Diretor Executivo da EY; Vinicius Lordello, Consultor em Gestão de Imagem no Esporte e Fabio Mello, da FMS Gestão Esportiva.

Cristiano Caús é sócio responsável pela área de Direito Desportivo do escritório CCLA Advogados; Mestre em Direito Internacional do Esporte pelo ISDE, de Madrid; Especialista em Direito Desportivo pela Faculdade de Direito de São Bernardo e em Direito do Trabalho pela Escola Paulista de Direito; MBA em Gestão e Marketing Esportivo pela Trevisan Escola de Negócios; Autor do livro "Direito aplicado à gestão do esporte"; Professor titular da disciplina de Direito Desportivo da Trevisan Escola de Negócios; Membro da Comissão de Assuntos Jurídicos da Federação Paulista de Futebol; Advogado de diversos clubes e agentes do futebol nacional e internacional.



Website: https://www.trevisan.edu.br/
Notícias Relacionadas »