24/03/2021 às 16h35min - Atualizada em 25/03/2021 às 00h20min

Telhanorte lança a sua primeira linha de luminárias de designers famosos em parceria com a Archademy

Com concepções diversas, produtos têm diferentes inspirações para combinar com os ambientes mais versáteis

DINO


De uma parceria entre a Archademy Studio e a Telhanorte surgiu uma das iniciativas mais inovadoras no mercado de decoração brasileiro: a concepção de luminárias assinadas por designers consagrados mundialmente a preços convidativos. Desde o dia 3 de dezembro, os clientes da Telhanorte têm a opção de contar com luminárias decorativas concebidas por designers de primeira linha, como Murilo Weitz, Rodrigo Ohtake e pela marca Ohma, com preços de R$ 300 a R$1.000.

A ideia de recorrer a designers de luxo para confeccionar luminárias ao grande público tem por trás um grande processo, que começou por um levantamento elaborado pela Archademy, o primeiro e maior Market Network de Arquitetura e Design de Interiores do Brasil, contratada como consultora pela Telhanorte. "Primeiro, fizemos uma pesquisa no mercado para entender quais eram as necessidades e demandas dos arquitetos em relação ao setor de iluminação decorativa. Depois dessa pesquisa, realizamos algumas dinâmicas de focus group, com encontros online de 5 a 7 pessoas, com entrevistas debatendo alguns pontos dessa pesquisa", descreve Anna Rafaela Torino, uma das fundadoras da Archademy.

Segundo ela, esse "briefing" levou a um material muito rico que evoluiu para a escolha dos designers criadores. "Reunimos o material com demandas de mercado e então selecionamos os três escritórios da comunidade Archademy para desenvolver as peças com base nesse briefing que todos os escritórios da nossa comunidade passaram. É um verdadeiro projeto de inteligência de mercado", atesta Anna.

O plano de inteligência de mercado incluiu ações institucionais e comerciais em três canais: Entrevistas & focus group: arquitetos e designers do segmento participaram de entrevistas e dinâmicas para aconselhar o desenvolvimento do portfólio da empresa. Desenvolvimento de peças exclusivas: foram identificados os melhores profissionais para desenvolverem linhas exclusivas para a venda nas lojas, algo revolucionário para os home centers do setor. Indústria para desenvolver linha própria: foi feita uma seleção das indústrias mais promissoras para desenvolverem produtos de linha própria da Telhanorte. Vários canais foram utilizados para a distribuição da pesquisa, tais como: redes sociais, site, blog, Arcabox news e Archademy news.

Com concepções diversas, as luminárias desses designers consagrados têm diferentes inspirações para combinar com os ambientes mais versáteis. Por exemplo, a coleção assinada por Murilo Weitz para a Telhanorte foi inspirada na temática industrial. Sua pesquisa para o projeto buscou elementos desse universo, desenvolvendo peças com madeira e metal. Weitz explica que o momento de pandemia, onde as pessoas passaram a ficar mais tempo em casa, mostrou o quanto o design de interiores é importante e faz a diferença. "Principalmente para aquelas pessoas que precisam fazer o trabalho no sistema home office e necessitam de um ambiente confortável, com móveis funcionais e bem iluminados, para desempenharem melhor suas atividades", explica. Inspirada na temática industrial, a coleção de Weitz, um notório profissional que em 2019 entrou para lista da revista Forbes - FORBES Under 30 - como um dos jovens de até 30 anos com maior destaque na sua área e também vencedor do Prêmio Casa Vogue Design 2020 - prima pelo despojamento.

As peças de Rodrigo Ohtake, por sua vez, foram criadas na praia, local onde o designer está passando o isolamento social. "A luz na arquitetura é fundamental, assim como a sombra e escuridão. A transição entre escuro e claro é muito importante e eu desejo que essas luminárias possam deixar a casa das pessoas mais agradável, divertida e pessoal, enfim, que possam se tornar um lar", afirma. Assim nasceu a coleção de luminárias "Baleia", inspirada no ambiente litorâneo deste profissional que teve o talento forjado desde a infância e certamente por uma conjunção favorável dos genes: ele é neto da artista plástica, Tomie Ohtake e filho dos também arquitetos Ruy Ohtake e Silvia Vaz. Ohtake já foi assistente de curadoria da 14ª Bienal de Arquitetura de Veneza, de 2014 e acumula larga experiência profissional.

Observar as mudanças pela janela, no céu e na luz do sol, visualizando perspectivas diferentes, ajudou na criação da coleção de luminárias da coleção exclusiva para a Telhanorte, desenvolvida pela marca Ohma. "A iluminação confere aconchego ao projeto de designer de interiores. A luz direta e indireta auxilia a construção de várias cenas dentro de um ambiente", explica a arquiteta Paloma Bresolin, que divide o escritório com dois outros jovens profissionais, o arquiteto Nicholas Oher e o designer de interiores, Fabio Marx.

Para a Telhanorte, eles desenvolveram a coleção Casulo, em acrílico colorido, que se adapta ao ambiente e é composta de cinco peças. O grupo de designers defende o princípio de que "transformar ideias em produtos artísticos por meio do design é o maior objetivo do escritório, passando leveza e sofisticação aos espaços sem deixar de lado o conceito inicial". Os designers conceberam esses produtos que foram desenvolvidos por uma das parceiras e mantenedoras da Archademy, a Dramalux.

Notícias Relacionadas »