22/03/2021 às 09h29min - Atualizada em 22/03/2021 às 10h20min

Pesquisa aponta que turismo brasileiro tem boas expectativas para 2021

O turismo brasileiro está otimista para 2021, aponta pesquisa da FBHA. Medidas auxiliares realizadas pelo Ministério do Turismo podem ajudar o setor.

DINO
https://www.korubo.com.br/


Dados levantados por pesquisa da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) mostram que o setor de turismo brasileiro está confiante com o crescimento econômico para o segmento nos próximos meses, mesmo após o período turbulento causado pela pandemia do novo coronavírus.

No total, 45% dos empresários entrevistados avaliam que os próximos meses serão marcados pelo crescimento do turismo no país. Enquanto isso, 29% dos participantes da entrevista demonstram estar confiantes de que conseguirão manter seus negócios estáveis. Apesar disso, 29% dos entrevistados temem que seu faturamento possa decrescer em até 26%.

A pesquisa foi realizada por meio do monitoramento de 571 atividades turísticas divididas em categorias: diretas (ou seja, atividades que existem em função do turismo), compartilhadas (voltadas para residentes locais, mas que são utilizadas por turistas), indiretas (serviços que são fornecidos às empresas de atividades diretas) e aquecidas (atividades sem relação com o turismo).

De acordo com Alexandre Sampaio, presidente da FBHA, as medidas de contenção do vírus são aliadas na retomada do turismo brasileiro: "A vacinação geral da população é a nossa melhor chance para conseguir voltar às atividades de forma completa. Sem dúvidas, ainda há um longo percurso para atravessarmos. Hoje em dia, por exemplo, vemos algumas cidades voltarem com restrições para o nosso segmento. Nossa batalha para manter o Turismo vivo é constante", explica Sampaio.

Ministério do Turismo e a retomada das atividades no setor

O governo federal tomou diversas ações para conter os impactos negativos da pandemia no turismo durante 2020, atuando na garantia de salários e jornadas de trabalho, focando em ações de proteção para o setor e conseguindo empréstimos por meio do Fundo Geral do Turismo (Fungetur).

Gilson Machado Neto, ministro do turismo, explica algumas das ações tomadas: "Lançamos o Selo Turismo Responsável para estimular a adesão de todo o setor de turismo no Brasil a protocolos de proteção contra o coronavírus, trazendo mais segurança aos turistas e aos trabalhadores. Já temos mais de 26 mil emitidos a estabelecimentos e guias de turismo que aderiram à iniciativa".

O crescimento do ecoturismo na pandemia

O ecoturismo já apresentava crescimento acelerado nos últimos anos, mas foi impulsionado com as medidas de distanciamento e prevenção contra o contágio do vírus. De acordo com o diretor da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), Osvaldo Matos de Melo Júnior, "o ecoturismo e o turismo de natureza, que se resume a atividades de lazer em áreas verdes, segundo definição da Organização Mundial de Turismo (OMT), cresce de 15% a 25% ao ano. Em todo o mundo, 10% dos turistas buscam esse tipo de atração e, no Brasil, os dados revelam essa tendência".

Entre os destinos mais populares do ecoturismo brasileiro, o Jalapão se destaca pela sua exclusividade, já que apenas 150 mil turistas visitaram o destino nos últimos nove anos. O parque é, na realidade, uma área de conservação estadual. Além disso, seu acesso é dificultado por estradas de terra e estruturas rudimentares, o que pode contribuir para sua reclusão.



Website: https://www.korubo.com.br/
Notícias Relacionadas »