05/03/2021 às 16h38min - Atualizada em 06/03/2021 às 00h00min

Na contramão da crise, empresas de tecnologia oferecem alternativa ao desemprego

Proporção de negócios que vendem por delivery aumentou puxada pela tecnologia; setor cresceu mesmo com as crises econômicas

DINO
https://www.agenciasucellus.com.br


O mercado de tecnologia segue crescendo não só no mundo, mas no Brasil também apesar da crise. De acordo com dados do Empresômetro, empresa de inteligência de negócios, a média de crescimento deste setor no Brasil ultrapassa a marca de 118% em dez anos.

E a crise causada pelo Coronavírus, de certa forma, favoreceu a tecnologia como um todo. Por conta da necessidade de distanciamento, empresas adotaram o trabalho remoto e muitos consumidores passaram a consumir pela internet.

O delivery, por exemplo, vivenciou um verdadeiro “boom” em 2020. Dados do Instituto Locomotiva, encomendados pela VR Benefícios, mostram que a proporção de restaurantes, lanchonetes, padarias e mercados brasileiros que fazem delivery passou de 49% para 81% depois do início da pandemia.

A startup Alfred Delivery, que trabalha com entregas de todos os tipos de produtos (comida pronta, supermercado, materiais de construção e até mesmo pipoca de cinema), registrou um crescimento de 1487% no ano passado.

De acordo com Myrko Micali, CEO e fundador da plataforma, o aumento se deve a dois fatores. “A pandemia é um deles. De fato ela acelerou o mercado de tecnologia e delivery. Porém, este foi um movimento já iniciado há alguns anos no Brasil, mas que levaria muito tempo para se desenvolver se não fosse essa necessidade sanitária”, explica.

Em 2021, a meta da empresa é multiplicar o faturamento por cinco e aumentar ainda mais a capilaridade das franquias pelo país.

Para Nelson Júnior, CEO da plataforma Sem Patrão, que conecta profissionais de serviços a clientes, a pandemia contribuiu para o crescimento do mercado, mas não foi fator decisivo.

“O mercado de tecnologia cresceu absurdamente desde 2010. É um caminho sem volta. Antigamente, quando alguém queria um serviço ou emprego, batia de porta em porta entregando cartões ou currículos. Hoje é possível fazer isso por meio de um aplicativo como o nosso sem precisar sair de casa”, comenta o fundador da empresa que cresceu mais de 40% em 2020.  

Para 2021, as perspectivas são animadoras apesar da pandemia. Segundo o empresário, a empresa quer dobrar o número de solicitações de serviços na plataforma.

 



Website: https://www.agenciasucellus.com.br
Notícias Relacionadas »