24/01/2021 às 22h48min - Atualizada em 25/01/2021 às 00h00min

PPPs: pequenas e eficientes, elas competem com as principais operadoras de telecom do país

As chamadas PPPs (Provedoras de Pequeno Porte), são responsáveis por uma parcela considerável da distribuição de internet no Brasil.

DINO
https://melhoresofertas.net/
Antenas de telecomunicação


O setor brasileiro de telecomunicações é regido por cinco grandes empresas. Mas isso não é novidade. A novidade é que as chamadas PPPs (Provedoras de Pequeno Porte), são responsáveis por uma parcela considerável da distribuição de internet no Brasil.

Mas qual a diferença entre elas? Existe custo-benefício?

ISP x PPP: existe diferença?
Para começar, é importante explicar a diferença de nomenclatura entre os pequenos e grandes provedores. Os ISPs (Internet Service Providers), ou Provedores de Serviços de Internet, são as empresas de telecomunicações que detêm a maior das estruturas de rede no Brasil.

Isso significa que elas possuem capital suficiente para investirem em novas tecnologias de estrutura, implementação e distribuição de internet em todo o país. Hoje, as principais operadoras ainda são Claro , Oi, SKY, TIM e Vivo.

Para ficar um pouco mais claro, é possível usar o exemplo do 5G. A tecnologia que promete revolucionar a forma como a comunicação acontece nas cidades ainda está longe de chegar ao Brasil, mas operadoras como Vivo e Claro já estão investindo pesado para garantir exclusividade de distribuição do 5G por aqui.

Essa ‘briga’ só é possível porque ambas possuem capital financeiro o suficiente para disputarem leilões da ANATEL para implementar as estruturas de antenas que irão suportar a nova rede.

Então o que são as PPPs?

Se os ISPs são os grandes provedores de internet, os PPPs são o oposto: Provedores de Pequeno Porte. De modo geral, elas acabam atendendo de forma mais regionalizada, sem deixar de lado importantes centros urbanos.

Uma das vantagens para essas empresas é que elas conseguem autorização para usarem a estrutura já existente, ou seja, economizam uma enorme quantia de dinheiro, pois não precisam implementar novas antenas.

Isso reflete no valor cobrado pelos serviços, que acaba sendo bem menor quando comparado com as demais operadoras.

Quais são os pequenos provedores no Brasil?

Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), em 2019 houve um aumento de 34,59% nas residências atendidas por pequenos provedores. Em comparação com as grandes operadoras, elas conseguem atingir regiões onde os serviços mais conhecidos não conseguem chegar.

Brisanet

A Brisanet surgiu no começo dos anos 2000, e atende principalmente o interior do Rio Grande do Norte. Seu principal serviço é a internet via rádio, que consegue atingir uma velocidade de até 3MB.

O diferencial da operadora é que ela oferece não só conexão de internet, mas planos de celular, telefone fixo, TV e combos, sendo um dos PPPs mais completos em atuação no Brasil hoje.

Cabo Telecom

Atendendo à macrorregião de Natal, a Cabo Telecom também oferece serviços de telefonia, TV por assinatura, internet e combos. Além de planos residenciais, a operadora oferece pacotes exclusivos para empresas.

Um dos benefícios são os backups em nuvem, soluções para e-mail corporativo e troca de informações entre unidades acontecendo em tempo real.

Algar Telecom

Atendendo cidades de Minas Gerais, São Paulo e Goiás, a Algar Telecom possui pouco menos de 500 mil assinantes, o que é considerado um volume grande de cobertura para um Provedor de Pequeno Porte.

Eles oferecem planos para pessoas físicas e empresas, com a internet variando de 20MB a 200MB. Além de internet, a operadora também disponibiliza planos de celular e telefone fixo.

Live TIM

A TIM ainda caminha em passos curtos com relação aos seus serviços de internet, mas ainda sim ocupa espaço importante com os planos Live TIM.

Todos os planos oferecidos são via fibra óptica, que oferece mais estabilidade e velocidade de conexão. As opções variam de 60MB a 400MB (para empresas), e estão disponíveis em cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro. Uma desvantagem com relação às demais operadoras é que o serviço exige fidelidade mínima de 12 meses.

Sercomtel

A Sercomtel é um pequeno provedor disponível no Paraná. Oferece planos de celular, telefone fixo e internet, incluindo banda larga e fibra óptica. Um dos grandes benefícios da operadora está na opção de contratar serviços pré e pós-pagos, de acordo com o seu orçamento.

Vantagens de contratar um PPP

Embora menos conhecidos que as empresas maiores, os PPPs oferecem diversos benefícios para quem opta por contratar um serviço, seja pessoa física ou jurídica.

Competitividade

Com o aumento da concorrência, as empresas tendem a reconsiderar os preços cobrados, e isso beneficia diretamente o consumidor. Além de uma grande variedade de opções de compra, as empresas oferecem planos promocionais visando fidelizar os clientes.

Muitas delas trabalham com programas de pontos, onde os clientes podem trocar por benefícios ao longo do tempo, como descontos, aumento na velocidade da internet, pacotes de canais ou minutos, entre outros.

Preços mais baixos

Como dito lá no começo, os pequenos provedores utilizam estruturas de distribuição já existentes, o que torna possível a venda dos serviços por um preço mais baixo.

Se comparados somente às operadoras que oferecem combos, os pequenos provedores saem ganhando por oferecer os mesmos benefícios por metade ou até mesmo um terço do valor das operadoras grandes.

Além de tudo, os clientes podem contratar pacotes pré-pagos, renovando só quando quiserem, ou pós-pagos, onde existe uma assinatura, mas que ainda sim é muito mais em conta.

Serviços mais estáveis

Isso acontece com os PPPs por atuarem em regiões específicas. Eles conseguem ter um controle um pouco maior sobre a distribuição dos serviços, e facilitar que a internet ou sinal de celular tenham mais estabilidade durante o uso.

Isso não significa que problemas vão deixar de acontecer, mas eles têm maior probabilidade de serem solucionados mais rápido, pois a área de cobertura é menor.

Atendimento

Com o dinheiro que os PPPs ‘’economizam’’ em estrutura, eles podem investir na qualidade do atendimento. Seja por call center ou aplicativos próprios, os clientes conseguem manter um relacionamento mais próximo com os provedores, e isso é um diferencial na hora de contratar ou escolher manter um serviço por assinatura.



Website: https://melhoresofertas.net/
Notícias Relacionadas »