04/01/2021 às 12h36min - Atualizada em 04/01/2021 às 13h20min

Interesse por máquinas para snacks dispara em 2020

Segundo pesquisa feita pela empresa Criteo houve um aumento de 720% na venda de salgadinhos só na segunda semana de abril deste ano. Tais índices estão atraindo cada vez mais investidores para esse setor alimentício e as máquinas para snacks têm sido uma opção interessante.

DINO
https://www.teqma.com.br
Máquina para produção de batata frita chips e palha - Teqma


Com a pandemia do novo coronavírus, mais pessoas estão consumindo produtos do supermercado, pois estão passando mais tempo em casa. Em uma série de estados do país o crescimento das vendas no varejo alimentício superou a casa dos 10% ao mês. Nesse sentido, não foi diferente com o mercado de venda de salgadinhos.

Esses alimentos conquistaram o gosto popular por oferecer um sabor reconfortante que ajuda a aliviar as tensões do dia a dia. Não é à toa que esses alimentos são chamados de "comfort foods” em inglês.

Segundo o CEO da marca alimentícia PepsiCo Brasil, João Campos, o número de vendas de snacks tem aumentado cada vez mais devido às mudanças de hábitos trazidas pela pandemia. Essa fala reforça os dados da empresa Criteo que demonstrou em sua pesquisa que a venda online de salgadinhos aumentou em 722% na primeira quinzena de Abril de 2020. Portanto, muitos novos empreendedores estão enxergando um futuro promissor para o mercado de produção de salgadinhos e investindo em máquinas para a produção dos salgadinhos.

O processo de produção dos snacks

O mundo dos snacks é vastíssimo e cada dia que passa uma nova variedade é lançada. Há inúmeras opções tanto doces quanto salgadas.

Assim, apesar de cada salgadinho ter a sua matéria-prima, há uma regra geral: a velocidade do processo de produção é bastante rápida. A tecnologia das máquinas para salgadinhos tem evoluído cada vez mais.

Nesse sentido, a empresa Teqma Tecnologia há mais de 10 anos oferece soluções em automação para a indústria alimentícia através da venda, instalação e manutenção de máquinas para a produção dos mais diversos tipos de snacks: desde as tradicionais chips de batata e batata palha, salgadinhos de trigo, os que imitam bacon, amendoins (japonês ou sem pele) até pipocas gourmet ou pipoca doce (de canjica). A Teqma possui um número expressivo de clientes, entre eles as empresas Mega Chips e Point Chips, ambas especializadas na venda de batatas fritas.

As batatas de tais empresas demoram apenas 24 horas para ter todo o processo de produção finalizado. Tamanha velocidade no processo deve-se muito à automatização que as máquinas para produção de salgadinhos oferecem.

Primeiramente, planta-se um tipo de batata que é desenvolvido especialmente para se tornar chips ou batata palha, pois tal batata absorve menos óleo no processo de fritura. Ao chegar à Linha Contínua para Processamento, as batatas da Mega Chips e Point Chips são descascadas, selecionadas, fatiadas e minuciosamente lavadas. Posteriormente, elas são secas, fritas, resfriadas e temperadas.

Sem a tecnologia das máquinas de produção de snack, não se poderia encontrar salgadinhos como as batatas chips em qualquer lugar do mundo. Além disso, esse mercado tem se tornado cada vez mais atraente para investidores.

Investimento em máquinas para snacks

Levando-se em conta que a população está consumindo mais salgadinhos no geral, tanto novos empreendedores quanto empresas já atuantes no ramo alimentício estão investindo pesado em máquinas para snacks.

Isso nos foi confirmado pela equipe da Teqma Tecnologia, a empresa vende maquinário não só para indústrias brasileiras, mas também para fábricas da América Latina e, segundo os supervisores da Teqma, a empresa nunca vendeu tantas máquinas para snacks em seus 10 anos de existência. O crescimento é justificável, uma vez que o consumo de salgadinhos tem aumentado cada vez mais no Brasil e no mundo. E as crianças não são as únicas responsáveis por tal aumento na procura por esses alimentos.

Segundo dados de um estudo de Novembro realizado pelo Datafolha, o consumo de snacks pela população brasileira de 45 a 55 anos era de 9% em outubro de 2019 e em junho deste ano cresceu para 16%. Além disso, os supervisores da Teqma consideram que boa parte do sucesso nacional e internacional que a empresa está apresentando se dá pois a Teqma é uma poucas empresas do setor de máquinas para salgadinhos que oferece um serviço totalmente exclusivo e adaptado às necessidades de cada indústria, ou seja, ela tem a capacidade de desenvolver equipamentos conforme a necessidade de cada cliente.

Também, um grande diferencial que a empresa Teqma alega é que todo o suporte desde a instalação, consultoria técnica até a manutenção das máquinas é feito pela empresa. Além disso, a Teqma oferece uma visita gratuita a indústrias que estão em um raio de 200km da empresa. Em tal visita, um funcionário especialista em processos e qualidade dá dicas de implementação de novos snacks na cadeia de produção. Tudo isso tem o intuito de gerar mais lucro e qualidade para as empresas do setor alimentício.

A importância da qualidade das máquinas para snacks

Apesar da margem de lucro com snacks ser bastante satisfatória (podendo ficar em torno de 30% em alguns casos) quanto maior a produção melhor para a empresa, pois mais lucro é gerado. Por isso, investir em máquinas de qualidade para fazer salgadinhos é a garantia de alavancar os ganhos de qualquer indústria desse setor. Isso se dá por dois motivos principais.

O primeiro deles, é que as linhas de produção automatizam todo o processo, fazendo com que os empresários economizem custos no processamento dos alimentos. Segundo especialistas da Teqma, indústrias consolidadas do setor alimentício têm investido bons valores em um maquinário de qualidade para reduzirem custos com recursos humanos. Dessa maneira, a crise vivida atualmente por conta da pandemia, é expressivamente minimizada.

O segundo motivo principal é que toda a linha de produção é desenvolvida para gerar grandes quantidades de mercadorias de forma a apresentar menos problemas possíveis, tornando a produção eficaz e consistente. 

Assim, uma linha produtiva de qualidade garante a padronização da entrega e também toda a higiene do processo produtivo, uma vez que o contato humano é o menor possível.

Portanto, o setor de produção de snacks cresce mais a cada dia como uma resposta ao aumento do consumo de salgadinhos como, por exemplo, batata chips. Nesse sentido, investir em um maquinário de qualidade é muito importante para ter sucesso no setor.



Website: https://www.teqma.com.br
Notícias Relacionadas »