27/11/2020 às 10h05min - Atualizada em 30/11/2020 às 00h00min

Zumbido no ouvido: quais são os tratamentos?

Segundo dados, 28 milhões de brasileiros sofrem com o incômodo. Quais são as opções de tratamento para amenizar o sintoma?

DINO
https://www.conexaoauditiva.com.br/


Zumbido no ouvido - ou “tinnitus”, nome em inglês -, é um sintoma que pode ser definido como ilusão auditiva, uma vez que proporciona uma sensação sonora. Aquele que é acometido pelo sintoma tende a ouvir um som contínuo que pode estar relacionado a outra doença, por isso ele é um sintoma de que algo no sistema pode não estar funcionando bem.

Estima-se que, atualmente, 28 milhões de brasileiros sofram com este sintoma, segundo a OMS, Organização Mundial da Saúde. Olhando para o panorama mundial, encontra-se 278 milhões de pessoas afetadas: o zumbido está presente para cerca de 15% da população jovem. Na população idosa, o número chega a 30%. 

Para Cintia Fadini, Fonoaudióloga especialista em audição e zumbido e sócia-fundadora das redes de clínicas conexão Auditiva, uma das complicações do zumbido é a inexistência de remédios que tratam o problema de forma direta, acarretadas pela falta de informação sobre as possíveis causas e, consequentemente, os potenciais tratamentos através da tecnologia.

“Não existe nenhum medicamento que solucione o zumbido. Quando um paciente nos relata uma situação que envolva o barulho, precisamos avaliar fatores para compreender qual a causa”, aponta. “Dessa forma, podemos tratar o problema central e como consequência diminuir os sintomas”, complementa. 

Opções

Atualmente, a rede de clínicas Conexão Auditiva tem investido em avaliação, diagnóstico e tratamento precoce para o zumbido. Entre elas, estão as tecnologias que tratam da audição e do zumbido. Entre elas a Terapia Notch, que suprime sons do zumbido, e os geradores de sons associados a Terapia de Habituação do Zumbido, que busca a adaptação ao som do zumbido, fazendo com que o cérebro o ignore.

“Sabemos o quanto é desconfortável conviver com o zumbido no ouvido. Por isso, dedicamos grande parte dos nossos estudos buscando soluções para o tratamento e melhora na qualidade de vida dos nossos pacientes.  Com o tratamento adequado, investigação da causa e uso de aparelhos auditivos, conseguimos apoiar pacientes e devolver uma rotina mais tranquila”, finaliza Cintia. 

A rede de clínicas 

A clínica Conexão Auditiva teve início no formato de comunidade: conectados pela audição, nossos pacientes se encontravam em nosso consultório dedicado unicamente a isso. A primeira unidade foi inaugurada em Itapeva e, logo depois, teve abertura em São Paulo, na Vila Mariana, e também agora em Botucatu. 

Além de avaliar e auxiliar pacientes com zumbido no ouvido, a clínica Conexão auditiva também realiza avaliações de audição, exames específicos, como: audiometria tonal, vocal, imitanciometria, processamento auditivo central, seleção e adaptação de aparelho auditivo e mapeamento de fala. 

Trazendo opções de tratamento com terapias sonoras e utilização de aparelhos auditivos, a Conexão Auditiva já foi premiada duas vezes na cidade de Itapeva, além de várias entrevistas e artigos já publicados. 

Para saber mais, basta acessar: https://www.conexaoauditiva.com.br/



Website: https://www.conexaoauditiva.com.br/
Notícias Relacionadas »