23/11/2020 às 12h46min - Atualizada em 24/11/2020 às 00h00min

Comércio eletrônico sofre evolução positiva com novas plataformas que tornam o comércio mais fácil

Atualmente, o e-commerce é um dos setores mais movimentados. Sua ascensão global deve-se principalmente a dois fatores: avanço da tecnologia e novos hábitos de consumo. Essa realidade está atraindo novos marketplaces, principalmente vindos da China.

DINO
https://en.chinagoods.com/


O comércio eletrônico sofreu uma evolução notável, passando de um simples catálogo de produtos ou serviços, a um meio eficiente de realização de negócios.

A cultura do e-commerce vem ganhando força no mundo a cada dia devido aos diversos benefícios que oferece: conforto, agilidade, segurança, facilidade de pagamento, restrição de horários, evita aglomerações e viagens, particularmente importantes neste momento.

Tudo isso tem evoluído graças às possibilidades que a Internet oferece, como ter o mercado internacional a um clique, onde se pode encontrar todo tipo de produtos e serviços que buscam satisfazer as necessidades dos compradores.

Em 2019, o e-commerce já apresentava uma faturação global de vendas de 1.821 bilhões de dólares, e espera-se que o volume total deste mercado em 2023 ultrapasse os 2.500 bilhões de dólares, o que significaria um crescimento de mais 75% em relação a 2017, quando o volume gerado foi de 1.411 trilhões de dólares em todo o mundo.

Também no Brasil, o consumo através do e-commerce já era realidade em 2019, quando registrou 40% a mais de atividade do que no ano anterior, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCOmm).

O exemplo mais recente desta tendência chega pelo site oficial do Mercado de Yiwu – “Chinagoods” (www.chinagoods.com), lançado oficialmente no dia 21 de outubro. A plataforma Chinagoods foi desenvolvida e é gerida pela empresa Commodities City Group Co., Ltd que depende de 75 mil lojas físicas e 2 milhões de micro, pequenas e médias empresas no topo da cadeia de valor do setor dos serviços.

Desde o teste de lançamento online feito em abril deste ano, a plataforma já conta com o cadastro de mais de 50 mil comerciantes e com o registro de mais de 500 mil compradores.

A plataforma Chinagoods faz o contato entre as partes de oferta e procura, através da orientação dos dados, nas áreas da produção e design, exibição e transações, logística e armazenamento, financiamento e crédito, entre outros, reunindo online um serviço justo, exibição e transação online, desalfandegamento conveniente, logística informatizada, armazenado digitalizado, serviço de cadeia de fornecimento mundial, recolha e aplicação de dados de crédito, auxílio financeiro para cadeira de fornecimento, entre outros, e criando um sistema com um quadro de “Entidade de Mercado + Plataforma de Negócios + Plataforma de Serviços + Infraestruturas Básicas”, fornecendo um serviço completo de negócios de mercado conveniente, altamente eficiente e preciso.

A Plataforma Chinagoods é a porta para a transformação de digitalização do comércio criada pela Commodities City Group Co., Ltd, aproveitando todas as suas vantagens e abrindo um novo capítulo de desenvolvimento do mercado. Tendo por base o sistema de operação de mercado offline já maduro, a empresa reuniu as suas vantagens e todos os seus recursos de mercado, não só exibindo-os, mas também procedendo à integração em uma cadeia de setor transparente e altamente eficaz, atribuindo uma nova forma e conteúdo ao comércio de mercado tradicional e dando o primeiro passo para o desenvolvimento futuro do comércio de Yiwu nesta nova ecologia de comércio digitalizado.



Website: https://en.chinagoods.com/
Notícias Relacionadas »