Exclusivo Cartão Marisa - 25% acima de 100 - site todo
17/11/2020 às 12h14min - Atualizada em 22/11/2020 às 00h00min

Microfranquias crescem durante a pandemia

Possibilidade de baixo investimento, segurança e retorno rápido atrai pessoas que buscam abrir um negócio próprio. Redes vêm adaptando seus modelos para atrair novos investidores.

DINO
http://franquia.santacarga.com.br
Franquia totem carregador celular Santa Carga

A pandemia dizimou empregos, fazendo muita gente buscar alternativas para gerar renda. Uma das consequências deste movimento é o aumento na procura por microfranquias. 

Segundo o Portal do Franchising, um dos principais deste segmento, a busca por microfranquias nos meses de maio, junho e julho deste ano foram 14% maior do que nos três meses antecedentes. 

Atentas a este cenário, muitas redes vêm buscando adaptar seus negócios a um modelo mais enxuto e outras vêm aprimorando produtos para ampliar seus diferenciais e atrair investidores a exemplo da Santa Carga, empresa 100% brasileira que possui a maior linha de totens carregadores do Brasil e que agora passou a oferecer a modalidade de microfranquias. 
O modelo de negócio inclui um totem carregador de celular com wifi que pode carregar até 14 aparelhos de celular ao mesmo tempo. Possuem display de 40” para exibição de publicidade, tornando uma fonte de receita para o franqueado. 

Rafael Soares, idealizador da marca Santa Carga, acredita que investir em uma microfranquia traz segurança e retorno rápido para o investidor. “Muita gente sonha em empreender e às vezes não sabe como começar, especialmente agora, com a pandemia. Investir em uma microfranquia é uma ótima alternativa, pois além do retorno do investimento ser rápido, o franqueado recebe todo suporte necessário para o negócio”, explica Soares.  

 “Acredito que as microfranquias vão crescer mais ainda, especialmente as que oferecem a comodidade de trabalhar de casa, como é o nosso caso. Quando o investidor começa a conhecer mais o mercado, acaba abrindo os olhos para esse tipo de negócio, que permite conquistar sua liberdade financeira com baixo risco e custo”, reforça Soares. 

A visão de Rafael Soares sobre menor risco pode ser corroborada com levantamento da ABF, Associação Brasileira de Franquias, demonstra que a taxa de mortalidade entre franquias foi de apenas 2,9%, revelando que investir em franquias é muito mais seguro diante da crise.  

 



Website: http://franquia.santacarga.com.br
Notícias Relacionadas »