06/11/2020 às 14h18min - Atualizada em 07/11/2020 às 00h00min

Autor lança na Amazon e-book com Pesquisa sobre Economia Compartilhada no Brasil

O e-book Economia Compartilhada: um estudo para o Brasil (disponível na Amazon) apresenta uma pesquisa onde 2.357 pessoas foram entrevistadas, em todos os 26 estados do Brasil e no Distrito Federal, com resultados que devem ser de interesse dos empreendedores brasileiros.

DINO
https://www.amazon.com.br/Economia-Compartilhada-Estudo-para-Brasil-ebook/dp/B08H2HYHZY/
Capa do e-book


Foi lançado na Amazon o e-book Economia Compartilhada: um estudo para o Brasil, cujo autor, Walter Barretto Jr., é arquiteto e urbanista, mestre em Desenvolvimento Regional e Urbano e sócio de shopping center.

Esse estudo tem como base uma Pesquisa sobre Economia Compartilhada em que 2.357 pessoas foram entrevistadas por meio do Facebook, em todos os 26 estados do Brasil e no Distrito Federal, cujas perguntas tratavam do compartilhamento de automóvel e habitação, além de questões sobre propriedade, meio ambiente, solidariedade e confiança.

Como resultado, são apresentados:

a) o perfil do consumidor com maior probabilidade de participar da Economia Compartilhada no Brasil;

b) a dimensão do mercado brasileiro para o compartilhamento de automóvel e habitação;

c) os fatores econômicos e sociais que desencadearam o surgimento da Economia Compartilhada no mundo;

d) os desafios e as restrições para o crescimento do compartilhamento no Brasil; e

e) as tendências mundiais no consumo que favorecem a Economia Compartilhada.

Antecipa-se aqui uma pequena amostra dos resultados dessa Pesquisa sobre Economia Compartilhada no Brasil:

  • 43% dos pesquisados responderam que compartilhariam um quarto de sua casa/apartamento para um turista; e
  • 39% disseram que, na condição de turista, ficariam hospedados em um quarto compartilhado, desde que seja mais barato do que ficar hospedado em um hotel.

Somente esses dois resultados – a Pesquisa apresentada no e-book é mais ampla – mostraram um rebatimento direto em vários setores econômicos e sociais, como por exemplo:

  1. Renda familiar: possibilidade real de aumento da renda para o cidadão que tem um quarto ocioso em sua residência;
  2. Questão urbanística: com o compartilhamento da habitação unifamiliar, os turistas passam a se hospedar em bairros tipicamente residenciais, ao invés de ficarem prioritariamente nos bairros com vocação turística e onde se concentra o setor hoteleiro, forçando uma redistribuição de vários serviços utilizados pelos turistas, como transporte, saneamento, energia, internet, comércio de alimentação etc.;
  3. Mercado imobiliário: quando um imóvel passa a gerar renda proveniente de locação, ele fica naturalmente mais valorizado e com a possibilidade real de aumentar o seu valor de mercado;
  4. Construção civil: o compartilhamento de quartos contribui para o aumento do número de pequenas obras, caracterizadas como reformas e ampliações nas residências unifamiliares, em detrimento da construção de grandes edificações hoteleiras;
  5. Questão cultural: a convivência do cidadão com os turistas que vai receber em sua residência, vindos de diversas partes do Brasil e também de outros países, implica obrigatoriamente numa troca de experiências de vida muito interessante, devido às diferenças culturais existentes;
  6. Distribuição de renda: a hospedagem dos turistas nas residências dos moradores da cidade causa uma distribuição física mais equilibrada no espaço urbano (desconcentração), o que gera novas oportunidades para uma quantidade maior de pessoas participar dos resultados econômicos advindos do setor de turismo;
  7. Mercado de turismo: a hospedagem compartilhada, por suas características e custos mais baixos, permite a inserção nesse setor de uma parte da população de renda menor, gerando um aumento do tamanho do mercado de turismo.

A Economia Compartilhada congrega empresas com grande valor de mercado, muitas delas líderes mundiais do seu setor, como por exemplo: Uber, Airbnb, Facebook, Amazon, Netflix, WhatsApp, dentre outras.

Com a publicação na Amazon do e-book Economia Compartilhada: um estudo para o Brasil o autor Walter Barretto Jr. pretende contribuir para a ampliação do debate sobre o tema na academia e no setor empresarial brasileiro.



Website: https://www.amazon.com.br/Economia-Compartilhada-Estudo-para-Brasil-ebook/dp/B08H2HYHZY/
Notícias Relacionadas »