24/06/2022 às 16h47min - Atualizada em 27/06/2022 às 06h10min

Centro de Satélites da ONU trabalha com a NVIDIA para impulsionar metas de desenvolvimento sustentável

Programa das Nações Unidas acelera o gerenciamento de desastres climáticos com tecnologia da NVIDIA e cursos gratuitos do Deep Learning Institute para cientistas de dados em todo o mundo

SALA DA NOTÍCIA Luiz Valloto
Centro de Satélites da ONU trabalha com a NVIDIA para impulsionar metas de desenvolvimento sustentável

Programa das Nações Unidas acelera o gerenciamento de desastres climáticos com tecnologia da NVIDIA e cursos gratuitos do Deep Learning Institute para cientistas de dados em todo o mundo
 

Para promover a ação climática para um ambiente global saudável, a NVIDIA está trabalhando com o Centro de Satélites das Nações Unidas (UNOSAT) para aplicar os poderes de deep learning e da inteligência artificial (IA).

O esforço apoia a Agenda de Desenvolvimento Sustentável da ONU (https://sdgs.un.org/2030agenda) em 2030, centrada em 17 metas de desenvolvimento sustentável interrelacionadas (https://sdgs.un.org/goals). Essas metas ODS, que incluem "ação climática" e "cidades e comunidades sustentáveis", servem como chamadas à ação para que todos os Estados-Membros da ONU promovam o bem-estar global.

A colaboração entre a UNOSAT, parte do Instituto de Treinamento e Pesquisa das Nações Unidas, e a NVIDIA está inicialmente focada em impulsionar o gerenciamento de desastres relacionados ao clima usando IA para a observação da Terra.  O AI4EO, como é conhecido, é um termo que engloba as iniciativas que usam IA para ajudar a monitorar e avaliar as mudanças do planeta.

Para acelerar a pesquisa e o desenvolvimento de seus esforços do AI4EO, a UNOSAT integrará sua infraestrutura de tecnologia de imagens por satélite à plataforma de computação acelerada da NVIDIA.  O sistema de imagens de satélite com tecnologia fornecida por IA coletará e analisará informações geoespaciais para fornecer informações quase em tempo real sobre inundações, incêndios florestais e outros desastres climáticos.

Além disso, a UNOSAT lança um módulo educacional que se baseia em um curso do Deep Learning Institute (https://www.nvidia.com/pt-br/training/) (DLI) da NVIDIA sobre a aplicação de métodos de deep learning para gerar modelos precisos de detecção de enchentes.

"Trabalhar com a NVIDIA nos permitirá fechar o ciclo desde a pesquisa de IA até a implementação das soluções climáticas no menor tempo possível, garantindo que as populações vulneráveis possam se beneficiar da tecnologia", declara Einar Bjørgo, diretor da UNOSAT.

Análise de imagens de satélite com tecnologia de inteligência artificial

Para tarefas como avaliar o impacto de um ciclone tropical nas Filipinas ou uma erupção vulcânica em Tonga, o serviço de mapeamento de emergência da UNOSAT utiliza visão computacional e análise de imagens de satélite para obter informações precisas sobre desastres complexos.

A análise quase em tempo real é fundamental para gerenciar eventos de desastres climáticos. Equipes humanitárias podem usar as informações baseadas em dados fornecidas pela inteligência artificial para tomar medidas rápidas e eficazes de combate a desastres.  Os dados também são usados para informar políticas de desenvolvimento sustentável, desenvolver a capacidade dos usuários e fortalecer a resiliência climática em geral.

A UNOSAT potencializará a infraestrutura de tecnologia de imagens de satélite com os sistemas NVIDIA DGX (https://www.nvidia.com/pt-br/data-center/dgx-systems/), que permitem o desenvolvimento de IA em escala, e a plataforma NVIDIA EGX (https://www.nvidia.com/pt-br/autonomous-machines/embedded-systems/jetson-nano/), que oferece a potência da computação acelerada do data center ao edge (https://blog.nvidia.com.br/2022/03/31/o-que-e-ai-no-edge/).

A tecnologia da NVIDIA acelera em 7 vezes (https://www.youtube.com/watch?v=3mXPclqLdeo) a detecção de inundações baseada em IA abrangendo áreas mais extensas com maior precisão, de acordo com a UNOSAT.

“Sempre digo que a tecnologia traz benefícios para diversos setores e esse é um exemplo digno de muito reconhecimento. Unir os esforços com a ONU neste projeto é motivo de muito orgulho. Essa é uma aplicação que fará a diferença para as gerações não só futuras, como prevenirá muitos desastres que aconteceriam nos próximos anos”, afirma Marcio Aguiar, diretor da divisão Enterprise da NVIDIA para América Latina.

Curso do DLI da NVIDIA sobre monitoramento de riscos de desastres

Além de uma tecnologia poderosa, uma força de trabalho qualificada é essencial para aplicar a IA e a ciência de dados para analisar e prevenir que eventos climáticos se tornem desastres humanitários.

"A NVIDIA e a UNOSAT têm uma oportunidade única de combater o impacto das mudanças climáticas e avançar nas metas ODS da ONU, com um ponto de partida de treinamento de cientistas de dados para desenvolver e implantar modelos acelerados por GPU que melhoram a previsão de enchentes", explica Keith Strier, vice-presidente global de iniciativas de IA na NVIDIA.

A UNOSAT desenvolveu um módulo para o curso online e gratuito do Deep Learning Institute que aborda como construir um modelo de deep learning para automatizar a detecção de eventos de inundações.

Chamado de Monitoramento de Riscos de Desastres por Imagens de Satélite (https://courses.nvidia.com/courses/course-v1:DLI+S-ES-01+V1/), ele é o primeiro de muitos cursos planejados pela NVIDIA focados na ação climática para a comunidade global do setor público.

O módulo da UNOSAT, baseado em um estudo de caso real da ONU, destaca um exemplo de uma inundação no Nepal (https://www.unitar.org/about/news-stories/news/unosat-flood-ai-dashboards-nepal-creation-one-stop-shop-real-time-evidence-based-decision-making). Em colaboração com a NVIDIA, a UNOSAT está oferecendo o módulo gratuitamente com o objetivo de qualificação de cientistas de dados em todo o mundo para aproveitar a computação acelerada para prever e responder a desastres climáticos.

"Nosso objetivo é democratizar o acesso à computação acelerada para ajudar os países a treinar modelos de deep learning mais precisos e capazes de melhor prever e responder a diversos desastres humanitários e naturais", declara Strier.

O curso já está disponível aqui (https://event.unitar.org/full-catalog/disaster-risk-monitoring-using-satellite-imagery). Saiba mais (https://www.nvidia.com/en-us/on-demand/playlist/playList-b746d233-c8dd-484c-8fa5-be1af88cbda3/) sobre como a tecnologia da NVIDIA é usada para melhorar o planeta e a vida das pessoas.

Notícias Relacionadas »