28/04/2022 às 15h19min - Atualizada em 01/05/2022 às 04h20min

CBH-Doce empossa novos conselheiros e elege diretoria-executiva

Durante o evento, realizado no auditório da FIEMG – Regional Rio Doce, também foi eleita a diretoria executiva para o biênio 2022/2024 e promovida a recomposição das Câmaras Técnicas e dos Grupos de Trabalhos que subsidiam o trabalho do colegiado.

DINO
http://www.cbhdoce.org.br


Os novos conselheiros do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Doce (CBH-Doce), que irão compor o mandato 2022/2026, foram empossados durante solenidade presencial, em Governador Valadares, na tarde desta terça-feira, 26. Durante o evento, realizado no auditório da FIEMG - Regional Rio Doce, também foi eleita a diretoria executiva para o biênio 2022/2024 e promovida a recomposição das Câmaras Técnicas e dos Grupos de Trabalhos que subsidiam o trabalho do colegiado. A composição completa do novo plenário pode ser conferida no link: https://www.cbhdoce.org.br/institucional/cbh-doce/composicao

O presidente do CBH-Doce, Flamínio Guerra, reeleito para o segundo mandato consecutivo, reforçou o compromisso assumido em 2019, no sentido de promover uma gestão democrática, com a participação efetiva de todos segmentos "Hoje, quando olhamos para todos os desafios enfrentados, podemos afirmar que as conquistas alcançadas são resultado da colaboração, proatividade e experiência de cada conselheiro. Não foi fácil, enfrentamos um complexo processo de troca de entidade delegatária, que junto a outros fatores, culminaram em atraso na execução dos nossos programas e projetos. Hoje, podemos afirmar que essa etapa foi vencida, pois estamos com os editais abertos, a revisão do Plano Integrado de Recursos Hídricos (PIRH) segue a todo vapor e a execução dos programas está sendo retomada", destacou.

Nádia de Oliveira Rocha, atual presidente do CBH- Caratinga e, agora, eleita para o cargo de 1ª vice-presidente do CBH-Doce, pela Associação dos Agricultores Familiares Boa Fé, enfatizou a importância da presença dos pequenos usuários e das associações comunitárias na composição do Comitê, "nossa participação confere um caráter mais popular à gestão do Doce que é de extrema relevância, pois nossa região tem forte atividade de agricultores familiares, que estarão devidamente representados".

O diretor-presidente da AGEVAP, André Marques, apresentou toda a equipe da agência, destacando os serviços executados e os projetos em andamento, com ênfase para o funcionamento do SigaWeb Doce (Sistema Integrado de Gestão de Águas do rio Doce), ferramenta que permite acesso a um variado acervo de dados sobre a gestão hídrica - importante conquista para os comitês. "Nele, reunimos, online, informações sobre saneamento, projetos em andamento e futuros. Todo o conteúdo disponível pode ser baixado pelo usuário, com o objetivo de dar transparência ao andamento de obras, valores investidos e arrecadados, dentre outras informações sobre o trabalho da agência", frisou André, acrescentando que o tutorial para a utilização da plataforma está disponível no canal do CBH-Doce no YouTube, por meio do link: https://www.youtube.com/watch?v=4g_RscsxdeI

NOVA DIRETORIA

A chapa Comprometimento, Experiência e Resultado, composta por Flamínio Guerra, prefeitura de Nova Era, presidente; Nádia de Oliveira Rocha, Associação dos Agricultores Familiares Boa Fé, 1ª vice-presidente; Maria Eduarda Fonseca, Saae Itabira, 2ª vice-presidente; José Carlos Loss Junior, prefeitura de Colatina, secretário-executivo; Senisi Rocha de Almeida, Instituto Soledade, 1º secretário-adjunto e Mariele Fioreze, Suzano, 2ª secretária-adjunta, foi a eleita e coordenará os trabalhos nos próximos dois anos.

Para a diretoria, a expectativa é a realização de um trabalho eficiente e participativo, mantendo a proatividade e a referência que o CBH-Doce tem. "A chapa representa um misto de experiência e renovação, também carrega a representatividade feminina. Estamos aqui para realizar um excelente trabalho, dando continuidade ao que já foi iniciado pela gestão anterior e abertos aos novos desafios", destacou Mariele Fioreze, eleita como 2ª secretária-adjunta.

ELEIÇÃO DAS INSTITUIÇÕES

Após o término do prazo de inscrições e conferência dos documentos apresentados, a eleição das instituições - titulares e suplentes - para compor o CBH-Doce foi realizada entre os dias 29 e 30 de março, de forma telepresencial, durante as Reuniões de Segmento. Participaram das atividades representantes dos Municípios, dos Usuários, das Organizações Civis e das Comunidades Indígenas. Todo o processo de votação foi acompanhado pela Comissão Eleitoral, instituída por Deliberação do Comitê e coordenada pela Secretaria Executiva do CBH-Doce.



Website: http://www.cbhdoce.org.br
Notícias Relacionadas »