01/10/2020 às 11h34min - Atualizada em 01/10/2020 às 11h42min

Levantamento mostra que busca por plantas aumento na quarentena

Aumento se dá devido ao isolamento social e à necessidade de as pessoas manterem contato com a natureza

DINO


De acordo com a ferramenta Google Trends, a procura por plantas para ambientes internos apresentou aumento de mais de 100% no número de pesquisas na plataforma, de março a setembro. Além disso, algumas espécies de plantas também cresceram nas buscas dos usuários, como a espada-de-são-jorge e a costela-de-adão.

Segundo a Giuliana Flores, maior e-commerce de flores do Brasil, usar adubos caseiros é a melhor alternativa para deixar as plantas mais bonitas e saudáveis. Além de não prejudicarem a saúde das pessoas que têm contato com a área verde da casa, eles garantem resultados rápidos, enriquecendo o solo e os vegetais com todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento e a beleza das flores. O melhor é que existem diversos adubos naturais que são bem fáceis de fazer, para confeccioná-los é só ter em mãos alguns produtos.
"Para a maioria das pessoas, a casca da banana não tem serventia. Por isso, ela acaba sendo jogada fora logo após o consumo da fruta. O que pouca gente sabe é que essa casca pode ser utilizada para enriquecer o solo, deixando a vegetação mais saudável e bonita, já que é rica em elementos como o fósforo e o potássio. Para isso, basta cortar algumas delas em cubinhos e colocá-las junto às plantas", comenta Clóvis Souza, fundador da Giuliana Flores.

As cascas de alguns vegetais, como abóbora, cenoura, batata e chuchu, também podem ser usadas na adubação das plantas, pois são ricas em vitaminas. Para ajudar no crescimento saudável, basta cortar esse material em cubos e misturá-lo à terra do canteiro, do vaso ou adicioná-lo ao xaxim. Alguns alimentos que provavelmente iriam para o lixo podem ser reutilizados como adubos caseiros também. Um exemplo disso é a casca de ovo, que é um dos adubos para plantas mais usados. Por ser rica em cálcio e potássio, ajuda muito no desenvolvimento de diversas espécies. Para fazer, é só lavar e triturar as cascas com a ajuda de um pilão. Após formar uma espécie de farofa, é preciso aplicar na terra em volta da planta.

Outra dica, são as borras de café, ricas em azoto, fósforo e potássio. Basta colocá-las na compostagem ou diluí-las em água. O ideal é não colocar a borra diretamente na terra.

Notícias Relacionadas »