28/09/2020 às 15h36min - Atualizada em 28/09/2020 às 15h42min

Floricultura dá dicas de como cuidar de uma pimenteira

Cultivar temperos em casa vem se tornando essencial no dia a dia das pessoas, diante disso, Giuliana Flores fala sobre o cultivo de pimenteiras

DINO


Há dez anos, a Embrapa Hortaliças, de Brasília, oferece cursos presenciais sobre hortas caseiras. Mas com as medidas de isolamento social, a entidade foi levada a lançar aulas online. Nas primeiras horas após o anúncio, mais de 2 mil pessoas se inscreveram, segundo a empresa.

Ter uma horta no quintal para cultivar os próprios temperos é sonho de muita gente que mora em casa. Um bom jeito de começar é com uma pimenteira, pois, além de bonita, ocupa relativamente pouco espaço. Evidentemente, como qualquer planta, ela requer alguns cuidados importantes.

"A primeira dica é que a pessoa deve escolher um local iluminado e arejado. O ideal é que a planta receba cerca de seis horas diárias de luz do sol. Porém, deve-se evitar a exposição entre o meio-dia e as quatro horas da tarde, horário em que os raios solares são mais intensos", comenta Clóvis Souza, fundador da Giuliana Flores. Regar diariamente também é fundamental, mas sem exageros. Aliás, nunca é bom que a rega ocorra nos momentos mais quentes do dia; o ideal é ao amanhecer ou no fim da tarde. Seguir essas dicas é bom para a saúde da planta, mas também para o sabor e a qualidade da pimenta extraída.

Com tantos cuidados, certamente já deu para notar que a pimenta é uma planta particularmente frágil, e por isso também é necessária muita atenção no processo de adubação. "No momento do plantio, o recomendado é usar 30% de adubo orgânico (embora seja sempre bom checar a quantidade indicada pelo fabricante, que depende do tamanho de cada vaso); depois, durante a vida útil, a adubação pode ser feita a cada 60 dias, reaplicando o produto", completa Souza.

Outros cuidados, como podar regularmente, evitar encharcar o solo e arrancar delicadamente partes afetadas por pragas só farão aumentar a expectativa de vida da planta, que deve demorar entre 50 e 55 dias após a floração para gerar frutos e estar apta para a colheita, podendo ter o seu desenvolvimento abreviado em regiões com temperatura mais elevada. É bom se atentar à coloração da casca, pois quando ela estiver 80% vermelha é sinal de que a planta está pronta para ser colhida.

Notícias Relacionadas »