10/09/2020 às 14h12min - Atualizada em 10/09/2020 às 14h21min

Higienização correta no setor agropecuário exime empresários de sanções e multas

Além de não ter o que temer frente às fiscalizações, a higienização do setor agropecuário garante ainda a qualidade do alimento e a satisfação do consumidor

DINO
http://www.weinberger.com.br/


A produção de alimentos que abastece grande parte da população é iniciada na propriedade rural. A matéria-prima produzida pelo setor agropecuário é repassada para as indústrias, para que estas fabriquem os alimentos para o consumo. Assim sendo, para que as indústrias recebam matérias saudáveis, é fundamental que o setor agropecuário adote corretamente boas práticas de higienização.

A fabricante de escovas Weinberger é especialista em oferecer escovas adequadas para a higienização correta no setor agropecuário. A empresa reforça que essa limpeza minuciosa é importante para a qualidade dos alimentos, bem-estar animal, a satisfação dos consumidores e também para evitar multas e penalizações da Vigilância Sanitária.

Qualidade dos alimentos

A higienização correta no setor agropecuário está diretamente relacionada à qualidade dos alimentos que serão produzidos, seja pelo cultivo em solo, ou a partir de rebanhos de animais, como vacas e cabras, por exemplo. Quando a higienização não recebe a devida atenção do responsável pelo local onde as matérias-primas agropecuárias são produzidas, geram-se alimentos de baixa qualidade e que podem colocar em risco, inclusive, à saúde dos consumidores.

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) recomenda a adoção de diversas práticas de higienização para garantir a qualidade dos alimentos agropecuários, como:

- Realizar as vacinações periódicas do rebanho, bem como outros cuidados necessários;
- Seguir as orientações do médico veterinário para garantir a limpeza agropecuária e industrial;
- Realizar diariamente ou periodicamente a limpeza do local;
- Realizar exames periódicos nos animais, com o objetivo de verificar suas condições de saúde;
São medidas que se relacionam não apenas com a higienização do local agropecuário, mas também com a saúde do rebanho.

Satisfação dos consumidores

Hoje, os consumidores estão cada vez mais exigentes com a qualidade dos alimentos, bem como preocupados com a própria saúde. Não é raro ver clientes em redes sociais deixando comentários negativos direcionados a marcas e produtos, com o objetivo de não só expressar sua insatisfação, mas também de alertar a outros consumidores.

Aliado a isso, existe uma crescente preocupação com a preservação do meio ambiente, o que exige do setor agropecuário mais que um maior cuidado com relação à higienização do local onde se opera suas operações, e sim, atitudes de respeito ao meio ambiente.

Um consumidor moderno é atento e, antes de comprar um produto, investiga quem produziu a matéria-prima, como essa produção foi realizada e qual foi a indústria que processou o alimento. Tudo isso com o objetivo de cuidar não apenas de sua saúde, mas também de se certificar de que o processo produtivo seguiu as recomendações das autoridades de saúde.

Livre de multas e penalizações

Por fim, há de se dizer que ao se adotar corretamente a higienização do setor agropecuário, o empresário fica livre de multas e penalizações diante de uma fiscalização por parte dos órgãos públicos. Diante de uma fiscalização pelo órgão responsável, o espaço agropecuário poderá, a depender das condições sanitárias do local, sofrer multas ou penalizações até que o problema seja resolvido. Afinal, os alimentos aí produzidos são de consumo popular, portanto, é uma questão de saúde pública.

"Manter corretamente a higienização do local agropecuário é uma questão de fundamental importância para o empresário que deseja, não apenas preservar a qualidade dos alimentos que produz, mas também a satisfação dos consumidores", finaliza a Weinberger.



Website: http://www.weinberger.com.br/
Notícias Relacionadas »