18/01/2022 às 16h49min - Atualizada em 20/01/2022 às 00h01min

Corte de até 50% no consumo de energia, reutilização de etiquetas e redução na emissão de carbono; as iniciativas do varejo para tornar o setor mais sustentável em 2022

Ações miram em varejistas e consumidores em prol de um mercado mais responsável e apto a atingir metas ambientais e sociais

SALA DA NOTÍCIA Pedro Carvalho

São Paulo, 18 de janeiro de 2022: Comprometida a priorizar o varejo responsável globalmente, a Sensormatic Solutions, especializada em tecnologias para o varejo, listou as principais iniciativas que podem tornar o setor mais sustentável. De acordo com a empresa, que acaba de lançar a publicação técnica “História de Sustentabilidade de 2021”, que detalha suas ações na área, as medidas podem ser divididas entre os varejistas e os consumidores.  

Segundo a Sensormatic Solutions, um futuro mais sustentável para os varejistas passa obrigatoriamente pela adoção de soluções para inteligência de estoque, experiência dos clientes, prevenção de perdas e eficácia operacional, conforme os exemplos a seguir: 

  • A última geração de sistemas de Vigilância Eletrônica de Artigos (EAS) da Sensormatic Solutions consome 50% menos energia do que os modelos anteriores e possui um modo de “economia de energia” que pode resultar em 30% menos uso de energia por dia de loja com 12 horas.  
  • A solução de Inteligência de Estoque da Sensormatic Solutions utiliza identificação por radiofrequência (RFID) para fornecer insights precisos e em tempo real que podem ajudar a reduzir o desperdício, as emissões de carbono e o uso de energia em toda a cadeia de suprimentos.
  • Os insights dos compradores fornecem aos varejistas uma compreensão abrangente do comportamento de seus clientes para ajudar a tomar decisões mais inteligentes sobre lojas e propriedades, incluindo quando ajustar as horas para ocupação máxima para economizar energia e água e reduzir o CO2 de viagens desperdiçadas para lojas que não estão adequadamente equipadas ou onde o estoque não está disponível.  
  • No último ano, a iniciativa Visual Source Tags Recirculation (VSTR) da Sensormatic Solutions resultou em 1,5 bilhão de etiquetas reutilizadas, com 11,4 bilhões de etiquetas reutilizadas desde o início do programa em 2010. 
 

Quando se analisa os consumidores, a conveniência e as experiências de compra ganham relevância, já que podem impactar positivamente a experiência da marca e executar um comércio unificado perfeito, tudo isso com a sustentabilidade em mente. Por exemplo:

  • O estoque com visibilidade por itens garante a visita planejada de um cliente à loja, sabendo que seu item estará em estoque ou pronto para ser levado, o que ajuda a evitar viagens desperdiçadas.
  • A integração de dados provenientes dos insights dos consumidores pode ajudar a visualizar tanto o nível de serviço da equipe quanto o tempo dedicado às transações, o que permite determinar viagens eficientes e reduzir viagens desperdiçadas para lojas onde o número de funcionários e seus níveis de preparo não estão alinhados à demanda de serviços.

“Estamos comprometidos em desenvolver inovações que impactem positivamente os resultados de sustentabilidade para um futuro mais brilhante em todos os aspectos do nosso negócio, desde produtos até processos e pessoal”, afirma Bjoern Petersen, presidente da Sensormatic Solutions. 

“Como líderes em tecnologia de varejo e parte da Johnson Controls — uma voz forte nas políticas de sustentabilidade em todo o mundo —, nós nos mantemos em altos padrões ambientais e sociais, ajudando nossos fornecedores, parceiros e clientes de varejo a fazer o mesmo. O Varejo Responsável é o norte de tudo o que fazemos”, completa. 

A Sensormatic Solutions examina continuamente suas próprias operações, instalações e frotas para melhorar o desempenho ambiental e o gerenciamento de energia, identificando e reduzindo todos os excessos. Suas instalações também priorizam, com diversas iniciativas, a redução do consumo de água e energia, emissões de gases de efeito estufa e resíduos enviados para aterros sanitários. Além disso, aproveita os recursos das tecnologias e inovações do OpenBlue da Johnson Controls, que utilizam dados e IA para otimizar edifícios sustentáveis.

A Johnson Controls está tomando medidas significativas para melhorar seu impacto ambiental e se comprometeu a zerar suas emissões de carbono até 2040 – dez anos antes da meta do Acordo Climático de Paris. A empresa pretende reduzir suas emissões operacionais em 55% e reduzir as emissões dos clientes em 16% antes de 2030. 

Mais informações estão disponíveis em https://www.sensormatic.com/pt_br/who-we-are/sustainability ou na publicação técnica “Nossa História de Sustentabilidade no Varejo da Sensormatic Solutions pela Johnson Controls” (Our Retail Sustainability Story of Sensormatic Solutions by Johnson Controls). 


 
Notícias Relacionadas »