18/01/2022 às 13h28min - Atualizada em 18/01/2022 às 15h20min

Primeiro semestre de 2021 teve 1,5 milhão de vagas formais criadas

Só no mês de junho, 309 mil novos postos de trabalho foram gerados no Brasil, segundo dados do CAGED. Qualificação profissional é fundamental para quem busca recolocação no mercado de trabalho

DINO
https://www.estudesemfronteiras.com/novo/


No primeiro semestre de 2021, o Brasil gerou 1.536.717 vagas de emprego formal com carteira assinada. O número é resultado do saldo positivo extraído a partir das 9.588.085 contratações ocorridas no período contra 8.051.368 demissões, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) divulgados pelo Ministério da Economia.

Pesquisa principal

De todos os seis primeiros meses que fazem parte das estatísticas divulgadas, junho foi o que teve maior destaque nos resultados alcançados. Segundo as informações oficiais, foram gerados 309.114 novos postos de trabalho durante o período, número 10% superior ao mês anterior, maio, quando 280.666 empregos haviam sido criados.

A pesquisa analisou cinco setores da economia: serviços, comércio, indústria geral, agropecuária e construção. No mês de junho, os cinco grupos de atividades tiveram resultado positivo, com destaque para o setor de serviços, que registrou 125.713 novos postos de emprego formal. Aqui, destacam-se atividades financeiras, imobiliárias profissionais, administrativas, de informação e comunicação.

Em seguida, aparece o setor de comércio, com 72.877 novas vagas geradas no mês. Em terceiro, quarto e quinto lugar do ranking, aparecem, respectivamente, indústria geral (50.145), agropecuária (38.005) e construção (22.460).

De todas as regiões do país, o Sudeste foi onde mais oportunidades de emprego formal foram criadas em junho (160.377). Já na análise por estados, São Paulo foi o campeão do ranking, com a geração de 105.547 novos postos de trabalho, seguido por Minas Gerais (32.818) e Rio de Janeiro (16.002).

Importância de cursos de capacitação

Para aqueles que pretendem se destacar no mercado de trabalho e conseguir novas oportunidades, a qualificação profissional é um fator fundamental. Com tanta concorrência em busca de recolocação ou melhor posição na carreira, destaca-se quem, além de desempenhar as funções básicas exigidas pela vaga, ainda apresenta habilidades diferenciadas e conhecimento atualizado do setor.

Entre as possibilidades para melhoria da qualificação profissional, evidenciam-se os cursos de pós-graduação, extensão e aperfeiçoamento. Todas essas opções oferecem o conhecimento necessário para alguém se tornar especialista em determinada área ou tema de atuação, o que torna o currículo muito mais atraente no momento da contratação.

Os cursos de capacitação - que também podem ser cursos online - existentes no Brasil possuem grande flexibilidade de horários e valores, tornando possível a escolha por aqueles que melhor se adaptam à determinada realidade. Além disso, ainda ajudam a obter maiores salários e possibilitam o networking com outros profissionais da área.



Website: https://www.estudesemfronteiras.com/novo/
Notícias Relacionadas »