17/01/2022 às 17h31min - Atualizada em 18/01/2022 às 00h00min

Janeiro dourado: mês da saúde do esportista

Campanha destaca a importância da Medicina do Exercício e do Esporte na vida dos praticantes de atividades físicas

SALA DA NOTÍCIA Christina Volpe

Cada vez mais pesquisas comprovam que praticar exercícios traz muitos benefícios à saúde. Mas o que ainda pouca gente sabe é da real importância de se realizar uma avaliação da saúde com um médico do Exercício e do Esporte antes de se iniciar uma atividade física, o que pode descartar restrições ou condições limitantes. Desde 2017, quando lançou a campanha Janeiro Dourado, a Sociedade Paulista de Medicina Desportiva (Spamde) vem conscientizando a população sobre a importância de acompanhamento médico pelos praticantes de atividades físicas.

 

“Todo indivíduo acima de 35 anos, anualmente, precisa apresentar uma avaliação dos seus componentes cardiovasculares para seguir seguro na prática esportiva. Hoje há check-up para atividade rotineira do esporte e exames para casos pós-covid; e o médico do Exercício e do Esporte é quem vai analisar esses exames e orientar o início ou retorno à atividade esportiva”, explica Dr. Gustavo Magliocca, médico do Exercício e do Esporte, vice-presidente da Spamde e CEO da Care Club.

Ele acrescenta que o esporte tem que ser um agente agregador, uma ferramenta de construção, para gerar amizades, para fazer com que as pessoas tenham saúde, e não há idade ideal para começar. “Cada idade tem o seu benefício e suas ações sobre o organismo. O que temos que ter em mente são os objetivos, a clareza do lúdico, para que o exercício seja sempre algo positivo na rotina do indivíduo, mesmo sendo uma criança de alguns anos de vida ou um idoso. Não há idade ideal para começar, mas há benefícios em todas as idades quando se inicia uma prática esportiva”, acrescenta o médico.


“E a qual é a atividade ideal? É aquela que mais atraia a pessoa, desde ir à musculação, ou ir ao clube jogar beach tennis. O que importa é a pessoa se interessar por uma rotina de atividade física. A questão não é qual esporte, mas sim em como começar, e isso o médico do Exercício e do Esporte é o profissional habilitado para orientar. E começando da forma correta há grande chance de sucesso em sua prática diária”, completa.

 

A Care Club conta com o serviço de Medicina do Exercício e do Esporte, especialidade voltada para o acompanhamento de pessoas que querem começar a praticar alguma atividade física ou já são atletas profissionais, além de um Check-up Saúde exclusivo e um Plano Pós-Covid. O objetivo é orientar sobre aspectos relacionados à prática de exercícios físicos e seus impactos bem como alimentação saudável e propor ações adequadas para ajudar as pessoas a manterem um estilo de vida saudável.


Notícias Relacionadas »