30/11/2021 às 18h04min - Atualizada em 01/12/2021 às 00h00min

Dia de Doar: Kombiblioteca vai promover cultura, igualdade e leitura por diversas cidades em 2022

Professora lança campanha de financiamento coletivo para criar biblioteca móvel em Kombi e democratizar o acesso à livros novos e atuais em espaços públicos,  realizando contações de histórias que promovam a igualdade racial e de gênero

SALA DA NOTÍCIA Sandra Roza
Divulgação

 

Kombiblioteca (Imagem Ilustrativa). Foto: Divulgação

 

Novembro, de 2021 - Elaborado durante a pandemia, o projeto da  Kombiblioteca, nasceu da necessidade combater a enorme queda no número de leitores brasileiros: uma redução de cerca de 4,6 milhões de leitores entre 2015 e 2019, segundo dados da 5ª edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, divulgada em 2020. Um dado que impacta diretamente a saúde mental e emocional,  uma vez que deixando de ler livros as pessoas  deixam de desenvolver o pensamento crítico, a criatividade, o foco, a concentração, a interpretação e a memória.

 

Pensando nisso, Fabiana Côrtes Carvalho Pepino, mulher negra, mãe, professora e criadora do projeto, explica que a ideia é mediar o encontro entre pessoas de todas as idades com livros novos e atuais, que respeitam a diversidade e promovem reflexões. Assim, pretende-se criar um ambiente aconchegante que proporcione a reconexão com o gosto pela leitura e o reencantamento, através da contação de histórias e projeções por espaços públicos e com acesso gratuito.

 

 “Sabemos que muitas pessoas não podem custear o valor de um livro no Brasil e só tem acesso à eles enquanto estão na escola. A maioria de nós  desenvolveu o gosto pela leitura enquanto  tínhamos acesso fácil à biblioteca e à mediação de professores, porque não precisamos só de livros, mas também de curadoria, de referência e mediação”, explica Fabiana.

 

O projeto de criação da Kombiblioteca foi selecionado pelo Match-funding do Fundo Todo Cuidado Conta, que funciona como uma vaquinha turbinada: uma modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Todo Cuidado Conta contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado. Caso o projeto seja bem sucedido, ou seja, atinja 100% ou mais da meta estipulada na campanha, o dinheiro arrecadado custeia o projeto e as recompensas aos apoiadores. Caso a campanha não atinja a meta 1 de 30.000 reais, o dinheiro é devolvido. Ou seja: é tudo ou nada.

 

A campanha tem como meta arrecadar o suficiente para a produção e execução da Kombiblioteca e da primeira caravana literária, e depois seguir circulando pelo Brasil com outras formas de financiamento. 

 

Até dia 25 deste mês (dezembro) qualquer pessoa pode colaborar com valores diversos a partir de R$10 e ainda receber uma recompensa, como por exemplo receber a Kombiblioteca na sua instituição ou evento.  

 

A caravana literária está prevista para circular a partir de abril de 2022 seguindo todos os protocolos de segurança durante a pandemia COVID-19 e ainda proporcionando uma experiência de bem-estar ao promover a saúde emocional e social, sem restrição de acesso, espaço, classe, raça, cor ou gênero. 

 

Fabiana, que é responsável pela iniciativa, é formada em Letras (UFSCar) e pós-graduada em Educação (UCM – Espanha), é empreendedora social (Lively Learning) e criadora do Projeto Ela Mandela (@projetoelamandela), apaixonada por livros, conta com 20 anos de prática como professora.


Serviço: Campanha de Matchfunding da Kombiblioteca

Link para doação: https://benfeitoria.com/kombiblioteca

Data: até 25 de dezembro
Mais informações:  https://linktr.ee/projetoelamandela 


Notícias Relacionadas »