24/11/2021 às 16h11min - Atualizada em 25/11/2021 às 00h20min

Promovida pela Italian Trade Agency, campanha Sabores da Itália será até 6/12

Promovida pela Italian Trade Agency, campanha Sabores da Itália será realizada até o dia 6/12 em São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Goiás e no Distrito Federal. Nesse período, cerca de 150 lojas de redes de supermercados vão oferecer produtos com preços especiais.

DINO
http://www.saboresdaitalia.com.br


A ITA - Italian Trade Agency realiza a edição 2021 da campanha Sabores da Itália, que se encerra no dia 6 de dezembro. Durante esse período, quase 150 lojas de quatro redes de supermercados - Mambo, Festval, Oba Hortifruti e SuperNosso, além da Casa Santa Luzia e da Evino - vão oferecer vários produtos italianos com preços diferenciados.

Ferdinando Fiore, diretor-geral para o Brasil da ITA, diz que "a campanha é o momento ideal de compra para quem já conhece e aprecia os produtos enogastronômicos Made in Italy. E é também a oportunidade certa para conquistar novos consumidores para a alta qualidade da culinária italiana, reconhecida pelos sabores e pela possibilidade de preparar um prato com poucos e bons ingredientes".

Durante esses quase dois meses, quem gosta de degustar e de cozinhar com produtos de alta qualidade vai encontrar nessas lojas, por exemplo, molhos de tomate e tomates sem pele, produtos indispensáveis no preparo de massas. Há quem acredite que o fruto é originário da Itália, mas chegou ao país europeu apenas no século 16 e, inicialmente, só aparecia na decoração de mesas durante os grandes banquetes. Agora, a Itália é o maior produtor e processador mundial de tomates.

Outro produto tipicamente italiano, apesar de ter sido levado pelos árabes até a Sicília, é o macarrão, que se tornou um símbolo do país europeu. Cada região da Itália tem seu tipo de massa - seca ou fresca - que pode chegar a 300 variações diferentes.

Ao longo da campanha Sabores da Itália, os consumidores brasileiros poderão adquirir ainda azeites exportados para mais de 70 países, já que o país é recordista mundial em variedade de azeitonas.

Outro produto que não pode faltar na mesa das famílias italianas é o queijo. O país produz há séculos mais de 400 variedades desse produto, que detêm o maior número de certificações DOP e IGP - Indicação Geográfica Protegida, que garantem sua qualidade, que depende da região onde são preparados.

Conhecidos e reconhecidos internacionalmente, os embutidos, como o presunto de Parma e o de San Daniele, a mortadela de Bolonha e outras 600 variedades desses produtos, são indispensáveis na culinária e na mesa. A campanha Sabores da Itália é uma oportunidade para os brasileiros degustarem os verdadeiros embutidos com certificado de qualidade IGP e DOP.

Para encerrar qualquer refeição, os italianos não dispensam as sobremesas, que também se contam às dezenas, entre bolos, tortas, biscoitos e doces.

Além dessas iguarias, também será possível encontrar farinhas e arroz, principalmente os melhores tipos para risotos.

Calendário da campanha

A campanha Sabores da Itália será realizada até o dia 6 de dezembro em lojas de supermercados. Cada uma delas definiu seu próprio calendário e o mix de produtos que vai oferecer aos seus consumidores. São elas:

• Festval: 21 lojas e e-commerce, Paraná de 15 a 30/11

• Oba Hortifruti: 68 lojas e e-commerce, São Paulo, Paraná, Goiás e Distrito Federal de 10 a 25/11

• SuperNosso: 50 lojas e e-commerce, Minas Gerais entre 22/11 e 6/12

Vendas crescentes
A campanha Sabores da Itália já está se tornando uma tradição no Brasil. Na edição do ano passado, apesar da pandemia de covid-19 - e talvez por causa dela -, as vendas de produtos Made in Italy registraram aumento de 10%.

No ano passado, durante a promoção, foram comercializadas 25 toneladas de arroz e preparações para risoto, 80 mil garrafas de vinho, 40 mil litros de azeite, 65 toneladas de massa, 15 toneladas de farinha de trigo e 10 toneladas de embutidos e queijos.

De acordo com o diretor-geral para o Brasil da ITA, "as vendas já vêm aumentando ao longo deste ano. Prova disso é que, somente nas primeiras ações no âmbito da campanha, realizadas em junho e agosto, foram vendidas mais de 100 mil garrafas de vinho". A pandemia, que obrigou os brasileiros a uma longa quarentena, não prejudicou a venda de produtos italianos. "Um destaque interessante da edição do ano passado", diz Fiore, "foi o que fato de as lojas de bairro terem ampliado sua participação nas vendas, enquanto os hipermercados registraram uma leve retração". Atualmente, os restaurantes, que usam produtos italianos, respondem por 20% a 30% das vendas e o restante é de responsabilidade dos mercados. Quanto aos vinhos, a proporção é ainda menor: bares e restaurantes respondem por uma fatia que fica entre 19% e 20%, enquanto os mercados assumem os outros 80% das vendas.

Eventos paralelos
Paralelamente à realização da campanha Sabores da Itália, Minas Gerais vai aproveitar o período de vendas especiais para lançar o guia Da Itália a sua Mesa: Onde Encontrar Alimentos Autênticos, uma iniciativa do projeto True Italian Taste. A ideia da publicação é ajudar o consumidor a conhecer mais sobre os legítimos alimentos italianos e o guia mostra alguns dos produtos que mais representam a culinária do país europeu, como queijos, vinhos, massas, peixes, biscoitos doces e embutidos.

O guia apresenta também as certificações de origem desses alimentos, as técnicas de produção de histórias e características de cada um deles, além de informar sobre os estabelecimentos mineiros que vendem os produtos.

O True Italian Taste - que faz parte do programa The Extraordinary Italian Taste - é uma iniciativa do Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional da Itália e implantando pela Associação de Câmaras de Comércio Italiana no Exterior (Assocamerestero) e tem como objetivo valorizar e salvaguardar os autênticos produtos agroalimentares do país europeu.

O download do guia pode ser feito em https://bit.ly/3FmFimK.



Website: http://www.saboresdaitalia.com.br
Notícias Relacionadas »