18/11/2021 às 15h13min - Atualizada em 22/11/2021 às 00h00min

Uma Black Friday ainda mais digital

Empresas precisam se adaptar para uma semana de vendas que promete ser baseada ainda mais no uso de apps pelos clientes

SALA DA NOTÍCIA Adsmovil
Divulgação/Adsmovil

Somente no último dia da Black Friday de 2020, o faturamento no e-commerce no país alcançou a impressionante marca de R$ 3,1 bilhões, com crescimento de 24,8% em relação ao ano anterior. O dado é da plataforma de dados E-commerce Brasil e revela um comportamento que deve se repetir esse ano.

A avaliação é de Leila Borges Guimarães, Country Manager da Adsmovil Brasil, empresa Ad Tech, é pioneira em inovação para publicidade digital na América Latina e nos Estados Unidos. “A pandemia ainda não acabou. E mesmo depois que ela acabar, entendo que muitos comportamentos vieram para ficar. Um deles, com certeza, é a preferência pela compra digital em detrimento da loja física, principalmente devido à comodidade que o meio traz, para pesquisar e comparar preços. Muitas pessoas que nunca haviam comprado online, descobriram estas facilidades e adotaram o novo hábito também em função da necessidade de encontrar preços mais baixos para seu cotidiano”, analisa.

Tal constatação da executiva é confirmada por outra pesquisa, dessa vez do Ipsos, a pedido do Google e divulgada na última quinta-feira, dia 28 de outubro, que ouviu 500 entrevistados. Os dados revelam que 64% dos brasileiros planejam comprar na próxima Black Friday. Neste ano, a data cairá no dia 26 de novembro, última sexta-feira do mês. “Além da questão do distanciamento físico que a pandemia nos trouxe, outro fator que será destaque na próxima edição é a situação financeira do brasileiro. As empresas precisarão estar atentas para conseguir que os clientes com pouco recurso também possam se beneficiar”, enfatiza Guimarães.

Perfil do consumidor

A pesquisa do Ipsos/Google indica que vestuário (62%) e celulares (40%) aparecem no topo da lista de preferência do brasileiro. “E quando falamos em celulares, temos que lembrar que junto com o aparelho veem a busca por aplicativos de entretenimento, como games. Esta é outra tendência. Cada dia mais o consumidor quer se divertir com seu smartphone”, afirma a Country Manager  da Adsmovil Brasil.

Outro levantamento que mostra a tendência de compra online do brasileiro foi realizado pela Adcolony e aponta que 77% dos brasileiros estão entretendo-se com jogos mobile. A pesquisa mostra, ainda, que a maioria dos brasileiros prefere jogar diariamente (59%) ou mais de uma vez na semana (28%) por meio do  smartphone e do tablet, enquanto outros jogam no computador pelo menos uma vez na semana (17%) e no mês (9%). 


Notícias Relacionadas »